O que é um monólito? Veja os maiores do mundo e do Brasil

Um dos assuntos mais repercutidos na última semana, sem dúvidas, é a aparição de um misterioso objeto metálico no deserto de Utah e em uma colina da Romênia. Internautas criaram diversas teorias sobre o objeto, mas nenhuma conclusiva. Como resultado de toda a repercussão, você pode estar se perguntando: o que é um monólito?

Um dos assuntos mais repercutidos na última semana, sem dúvidas, é a aparição de um misterioso objeto metálico no deserto de Utah e em uma colina da Romênia. Internautas criaram diversas teorias sobre o objeto, mas nenhuma conclusiva. Como resultado de toda a repercussão, você pode estar se perguntando: o que é um monólito?

O que é um monólito?

Embora o objeto que está repercutindo tenha sua fama criada no universo da ficção científica, a explicação básica do que é um monólito vem da geologia. A ciência define o monólito como uma única pedra de proporções monumentais. No Brasil, dois exemplos de monólitos naturais são a Pedra da Gávea e o monte do Pão de Açúcar.

Na história também há o registro de monólitos criados por humanos, como o Gomateswara, a Esfinge de Gizé e as Grutas de Ellora. Surpreendentemente, a maioria das obras humanas monolíticas possuem lendas (e até desafiam a tecnologia da época em que foram construídas). Desta forma, os objetos impactantes acabaram instigando o surgimento do monólito na ficção científica.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Monólito em filmes

Sem dúvidas, o autor Arthur C. Clarke e o cineasta Stanley Kubrick possuem a maior parcela de “culpa” na popularização do monólito no universo das realizações artísticas ligadas ao campo da ficção científica. Em 1968, Clarke e Kubrick trabalharam juntos na realização do filme 2001: Uma Odisseia no Espaço, um dos maiores clássicos do gênero.

Na obra, um monólito preto, retangular e fosco aparece na vida de uma sociedade pré-histórica e desencadeia a evolução de hominídeos (veja a cena acima). O filme (e o livro de mesmo nome) ainda deixa claro que o objeto é construído por um povo de extraterrestres como uma ferramenta de observação em planetas com potencial de vida inteligente.

Certamente, a aparição de objetos semelhantes em nosso planeta em um ano como 2020 é assustadora. Mas será que os monólitos de Utah e da Romênia são tão impactantes quanto aqueles do universo de Arthur C. Clarke?

Aparições misteriosas nos EUA  e na Romênia

monólitos encontrados em Utah e na România
Foto dos monólitos encontrados em Utah (direita) e na România (esquerda).

O primeiro monólito a repercutir apareceu misteriosamente em Utah, região dos Estados Unidos. Nesta primeira ocasião, o um helicóptero que sobrevoava a região encontrou o objeto. Rapidamente a internet teorizou que o monólito teria sido colocado lá por aliens, mas a polícia local afirmou que “essa coisa não é de outro mundo”. Surpreendentemente, quando turistas já procuravam o objeto para tirar fotos, ele sumiu como um passe de mágica, gerando mais teorias da conspiração.

Como se não bastasse, no mesmo dia que o monólito de Utah sumiu, cidadãos de uma cidade da Romênia encontraram um objeto similar em uma colina de Piatra Neamt. Embora seja similar, o novo monólito possui dimensões diferentes de seu semelhante americano – comprovando que não é o mesmo pedaço de metal mudando de região.

Prefeito de Piatra Neamt, Andrei Carabelea falou  sobre o surgimento do misterioso objeto à imprensa local e brincou: “Minha hipótese é que alguns alienígenas adolescentes e travessos fugiram de casa com a nave de seus pais e começaram a plantar monólitos de metal ao redor do universo. Fico honrado que eles escolheram nossa cidade.”

Para quem não acredita em extraterrestres, é muito claro que algum artista ou coletivo está apenas fazendo uma piada. John McCraken é um dos artistas “suspeitos”, pois é o responsável pela criação de uma obra monolítica quase idêntica aos objetos encontrados em Utah e Piatra Neamt.

Maior monólito do mundo

Uluru (ou Ayers Rock) é um dos ícones naturais mais conhecidos da Austrália, localizado a 335 km (208 milhas) a sudoeste da cidade grande mais próxima, Alice Springs. É o maior monólito do mundo. A formação de arenito de renome mundial tem 348 metros (1.142 pés) de altura e mede 9,4 km (5,8 milhas) de circunferência. A rocha passa por mudanças dramáticas de cor com seu tom normalmente terracota mudando gradualmente para azul ou violeta no pôr do sol para vermelho flamejante pela manhã, conforme o nascer do sol atrás dela.

Qual o maior monólito do Brasil?

 

O maior monólito do Brasil é a Pedra da Gávea, no Rio de Janeiro. É a maior da costa do mundo, e também oferece uma das vistas mais espetaculares da cidade maravilhosa. São 844 metros de altitude. Os visitantes podem chegar ao topo do monólito após uma difícil e exigente caminhada de aproximadamente 3 horas.

No Brasil ainda há os seguintes monólitos:

  • Pão de Açúcar, Rio de Janeiro
  • Pedra do Baú, São Paulo
  • Pedra da Galinha Choca, Ceará
  • Serra do Jatobá, Serra Branca, Paraíba

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes