Pipa arrasta criança de 3 anos pelos ares em Taiwan, veja o vídeo

A menina ficou presa em uma pipa gigante no festival e foi resgatada ilesa.

Pipa arrasta criança de 3 anos em um festival em Taiwan. A menina foi pega pelas cordas de uma pipa e erguida no ar, na frente de espectadores horrorizados.

A garota estava participando de um festival de pipa no domingo (30) na cidade litorânea de Nanliao, perto da cidade de Hsinchu. Enquanto assistia o evento, ela se enroscou em uma pipa laranja gigante de cauda longa e ficou vários metros longe do chão.

De acordo com a Agência Central de Notícias de Taiwan (CNA), a criança sofreu escoriações leves no pescoço e no rosto.

O vídeo do incidente publicado na mídia taiwanesa mostra vários trabalhadores do festival lutando para segurar a cauda, antes do lançamento da pipa.

 

https://www.youtube.com/watch?v=pMPz92x75iw

Pipa arrasta criança de 3 anos durante festival

Dezenas de espectadores e famílias se reuniram nas proximidades, comemorando enquanto a pipa subia. No entanto, os aplausos rapidamente se transformaram em gritos quando perceberam que a garota foi Sto arrivando!astada.

Ela ficou no ar por mais de 30 segundos antes que os operadores conseguissem baixar a pipa e resgatá-la.

O incidente ocorreu durante o Festival Internacional das Pipas de Hsinchu que tem a duração de dois dias. Este ano o festival atraiu cerca de 100.000 visitantes.

O prefeito da cidade, Lin Chih-chien, disse em sua página oficial do Facebook que as atividades do festival na noite de domingo foram suspensas após o incidente e se desculpou com a população.

“A prefeitura expressa suas mais profundas desculpas ao público e às pessoas envolvidas, e analisaremos as razões para evitar que esse tipo de acidente aconteça novamente, realizando uma revisão completa e verificando os responsáveis”, escreveu ele.

De acordo com Chen Ko-fang, secretário-geral do Asian Kite Forum, as crianças geralmente ficam distantes até que a pipa esteja no ar. Contudo, os organizadores não esperavam as rajadas de vento repentinas, que atingiram o nível sete na escala Beaufort, ou seja, cerca de 50-60 km por hora.

Fonte The Guardian
Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.