Nascidos em outubro já podem efetuar saque-aniversário do FGTS; saiba como funciona

O saque-aniversário permite que o cidadão retire anualmente, no mês de seu aniversário, parte do dinheiro de suas contas ativas e inativas do FGTS.

Com o início de outubro, os trabalhadores nascidos neste mês podem efetuar o saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Essa modalidade passou a funcionar em 2020, e permite retirada do valor em espécie e em operações virtuais.

A saber, o saque-aniversário permite que o cidadão retire anualmente, no mês de seu aniversário, parte do dinheiro de suas contas ativas e inativas do FGTS. Quem opta por ele, permanece seguindo as regras do saque-rescisão.

Dessa forma, não se trata de algo obrigatório. Então a migração para a modalidade deve ser feita através de uma dessas plataformas: APP FGTS, site fgts.caixa.gov.br, Internet Banking CAIXA, ou ainda em Agências Caixa. O valor é pode ser recebido no mesmo ano em que foi feita a adesão.

Os valores ficam disponíveis para saque desde o mês em questão até os próximos dois meses que vem em seguida. Então, quem nasceu em outubro pode sacar o dinheiro até dezembro. Dito que, a data limite para para cadastrar conta bancária no APP FGTS é 22 de dezembro.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Em caso de não realização do saque, o dinheiro volta para a conta do FGTS de forma automática. A saber, o trabalhador que fez essa opção pode voltar a fazer parte somente do saque-rescisão. Mas a alteração só começa a valer após dois anos do pedido.

Qual o valor do saque-aniversário?

O valor do saque-aniversário varia de acordo com o saldo disponível conta. Quando maior o saldo, menor a porcentagem que pode ser sacada. Então, a Caixa permite a retirada de um percentual do valor – alíquota – somado a mais uma quantia. Veja:

Fonte: Caixa

E como fica a multa rescisória?

Quem opta pelo saque-aniversário continua tendo direito à multa rescisória de 40% do FGTS, caso seja demitido por justa causa. No entanto não há a possibilidade de sacar todo o saldo disponível. Os quais poderão ser sacados em partes uma vez por ano.

Assim como na alternativa do saque-rescisório, o saque-aniversário pode ser usado em situações como: compra de moradia própria, acometimento de doenças graves, aposentadoria e calamidade pública.

Nota-se ainda, que se o trabalhador tiver mais de uma conta no FGTS, nativa ou inativa, não é possível optar por modalidades diferentes para cada uma. A opção escolhida vale para todas as contas.

Desempregados têm direito ao saque?

Por fim, desempregados podem efetuar o saque-aniversário. Desde que tenham optado por ele e tenham saldo disponível no FGTS. Uma das formas de saber quanto dinheiro tem em conta é através do aplicativo FGTS.

 

  • Entenda também com funciona a antecipação do saque-aniversário, trata-se de uma opção de empréstimo.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes