Pote da calma: como funciona e como fazer o brinquedo que tranquiliza crianças

Veja o passo a passo para fazer este brinquedo simples, mas muito útil para lidar com os momentos de nervosismo das crianças

O pote da calma é um brinquedo simples, que qualquer pessoa pode fazer em casa, e que ajuda as crianças a lidarem melhor com as próprias emoções. O nome vem do inglês “calming jar”.

Basicamente um pote da calma é uma garrafa transparente, de plástico ou acrílico, cheia de água e com um pouco de gliter, tinta ou pecinhas coloridas que se movem dentro do recipiente.

Além de bonito visualmente, podendo ser até mesmo um item da decoração do quarto, é uma forma de deixar as crianças mais calmas quando elas estão chorando com medo, raiva, frustração ou ansiedade.

 

Pote da calma colorido
Imagem: bia leonachos (reprodução / pinterest)

Estas crises são comuns na infância, quando ainda é difícil entender os próprios sentimentos. Então é muito frequente que as crianças chorem muito e fiquem nervosas e agitadas.

É nestes momentos que entra o pote da calma! Ele prende a atenção e faz com que a criança volte a respirar mais tranquilamente. Assim, aos poucos o nervosismo vai embora.

 

Como surgiu o pote da calma?

O pote da calma já existe há mais de um século! Quem criou foi a educadora Maria Montessori. Ela era pedagoga e foi também a primeira mulher a se formar em medicina na Itália.

A profissional ficou famosa no mundo todo por criar o “Método Montessori”, um método próprio de aprendizado que propõe que as crianças tenham um ambiente adequado ao seu desenvolvimento integral.

E em 1907 ela criou o pote da calma. A ideia era ter algo dinâmico e criativo que pudesse estimular as crianças e também ajudasse a distraí-las e acalmá-las.

Pote da calma para crianças
Imagem: dentro da história (reprodução / pinterest)

Como a técnica  do pote da calma funciona

De acordo com os especialistas, o pote da calma funciona de uma forma muito simples. Primeiramente os efeitos e o brilho chamam a atenção das crianças. Então elas se concentram no movimento. Assim, vão tendo tempo de respirar e vão naturalmente se acalmando. É como se fosse uma técnica de relaxamento.

Além disso, ao estarem em contato com o pote da calma, o ambiente fica mais propício para que elas se abram sobre o que estão sentindo. Com ele muitas vezes as crianças passam a ter mais segurança para expressar sobre a raiva ou a tristeza que sentem.

Desta forma, embora seja um objeto para as crianças, acaba sendo útil e positivo também para os pais.

E o ideal é sempre oferecer o pote à criança antes que elas estejam no pico de estresse. Ou seja, tão logo perceba que está começando a ficar mais nervosa, o pote da calma já pode entrar em ação.

 

Criança com pote da calma
Imagem: dm (reprodução / pinterest)

Como fazer o pote da calma

Fazer o pote da calma é uma tarefa fácil. E também pode ser um momento muito divertido para pais e filhos. A atividade em conjunto é positiva para ambos!

E não há muitas regras, já que dentro do pote da calma podem ser colocados itens diversos, dependendo do gosto e da vontade de cada um. É um objeto lúdico e que permite muita criatividade.

Além disso, não tem um custo muito alto, já que pode ser feito com garrafas ou potes usados que todos já têm em casa. Basta lavar e higienizar da forma correta antes de reutilizá-los. Os demais itens também costumam ter um custo acessível.

Passo a passo

Ao fazer o pote da calma com as crianças, os pais podem aproveitar para já explicar do que se trata, criando um ambiente tranquilo e agradável. Assim elas já começarão a ficar mais à vontade e confortáveis.

Deixe também que elas participem com ideias, pergunte o que elas gostariam de colocar e, a partir disso, veja o que é ou não viável.

Materiais necessários

  • Um pote ou garrafa de plástico com tampa;
  • Uma ou duas colheres de sopa de cola com glitter da cor favorita;
  • Uma gota de corante alimentar da cor favorita;
  • Purpurina ou outros objetos pequenos;
  • Água quente em quantidade suficiente para não encher totalmente o pote.

Modo de fazer

  • Esquente a água e despeje, deixando um espaço na parte superior. Esse espaço é necessário para poder agitar o pote da calma.
  • Acrescente a cola glitter e misture bem para que ela fique incorporada na água.
  • Jogue outros pequenos objetos que queira acrescentar ou um pouco de purpurina.
  • Mexa para misturar mais um pouco.
  • Finalize com uma gota do corante.
  • Feche bem até ter certeza que está seguro e que não irá derramar.
Como fazer pote da calma
Imagem: gláucia (reprodução / pinterest)

Algumas dicas de materiais e objetos que também podem ser usados para fazer o pote da calma são bolinhas de isopor coloridas ou diferente tamanhos e cores de purpurina.

Os minibrinquedos, como bichinhos, podem ser uma boa ideia para um pote da calma temático. Outra dica é fazer vários com formatos, tamanhos e cores diferentes.

Há possibilidades infinitas, basta usar a imaginação e a criatividade. Com tudo pronto, entregue o pote da calma nas mãos da criança e veja como ela irá reagir ao brincar com ele! Depois guarde e lembre-se sempre de usar para aliviar os momentos de nervosismo dos pequenos!

 

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.