Sotheby’s vende obra de Banksy por US$ 13 milhões, pagos em bitcoin

A famosa casa de leilões Sotheby’s concluiu seu primeiro leilão que teve ofertas em criptomoeda liberadas e superou as expectativas. Enquanto havia anunciado que as ofertas estavam em até US$ 5 milhões, a casa leiloou a icônica obra de arte de Bansky “O Amor está no Ar”,, por US$ 12,9 milhões, valor três vezes maior do que o estimado anteriormente.  A obra de arte física foi oferecida em um Leilão Noturno de Arte Contemporânea, que também contou com “Versus Medici” de Jean-Michel Basquiat, arrematado por quase US $ 51 milhões.

Em sua conta oficial no Twitter, a Sotheby’s informou que o leilão teve uma disputa de lances que durou 14 minutos, entre quatro entidades. A casa também enfatizou que a venda marca a primeira vez que as criptomoedas bitcoin e ether (ETH) foram aceitas como opção de pagamento por uma obra de arte física.  Os vencedores da disputa puderam optar pelo pagamento em bitcoin e ether graças a uma parceria firmada entre a Sotheby’s e a Coinbase Commerce. Apesar disso, a Sotheby’s não revelou se o lance vencedor ou qualquer lance participante do leilão envolveu criptomoeda.

“Os fundos devem ser enviados de uma carteira ou bolsa aprovada, incluindo: Coinbase, Coinbase Custody Trust, Fidelity Digital Assets Services, Gemini ou Paxos”, destacou a casa de leilões.

Sotheby’s e criptomoedas

- PUBLICIDADE -

A Sotheby’s, assim como a concorrente Christie’s, se interessou pelo mercado digital recentemente e, desde então, já realizou um leilão de NFT (tokens não fungíveis) do artista PAK, que passaram dos US$ 18 milhões, enquanto a rival leiloou a arte em NFT mais cara já negociada até o momento, Everydays: The First 5000 Days, do artista Beeple, por quase US$ 70 milhões. 

Em 6 de maio, a Sotheby’s anunciou seu segundo leilão NFT, chamado Natives Digital: A Curated NFT Sale. Previsto para ser realizado entre 3 e 10 de junho, a venda contará com um objeto digital da coleção icônica do NFT CryptoPunks.

CryptoPunks, aliás, foram leiloados pela Christie’s, que arrecadou quase US$ 17 milhões por nove unidades dos pioneiros em NFT, que são artes pixelizadas retratando o cenário punk urbano inglês, lançadas em 2017. Ao todo, a coleção conta com 10 mil peças, todas únicas. 

BanksyBitcoincriptoativosSotheby’stokens
Comentários (0)
Comentar