Vídeo: Elefante-marinho é visto andando por ruas do Chile

Gigante dos mares, elefante-marinho chamou a atenção da internet ao ser flagrado em situação inusitada; espécie chega a seis metros de pode pesar até quatro toneladas

O ano de 2020 não é para amadores. A internet quase parou com o vídeo de um elefante-marinho que foi flagrado pelas ruas da cidade de Puerto Cisnes, no Chile. As imagens foram feitas na quarta-feira, dia 6, e ganhou as redes pelo inusitado.

O que houve com o elefante-marinho?

No início a história pode parecer mentira. Mas o fato é que um elefante-marinho foi visto passando pelas ruas da cidade do litoral chileno.

Por ser típico dos mares, a cena chamou muito a atenção e foi registrada em vídeo. O animal é considerado de grande porte, uma vez que um adulto desta espécie pode chegar a pesar até quatro toneladas e medir seis metros de comprimento.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O elefante-marinho é uma espécie comum do hemisfério sul do planeta.

Esse exemplar, em específico, foi visto desorientado e perdido pelo bairro residencial. Então, os moradores vizinhos filmaram e publicaram imagens do animal nas redes sociais.

Um dos vídeos foi feito por Manuel Novoa,  apresentador da estação de rádio Autentica FMO, de Puerto Cisnes. Na filmagem, que mostra o elefante-marinho se arrastando, é possível ver que houve uma grande manobra – ruas precisaram ser interditadas – para o resgate.

Informações da imprensa internacional mostraram que durante todo o tempo o elefante-marinho era molhado pelos moradores da localidade, que usaram baldes cheios de água para ajudar.

Com isso, o animal era mantido minimamente confortável e não piorasse a situação de desidratação, já que estava por um grande período fora do mar.

Final feliz

As cenas mostram o elefante-marinho se arrastando por mais de dez quarteirões, em pleno asfalto, até que os vizinhos e a guarda-costeira conseguissem capturá-lo.

O jornal chileno “La Tercera” informou que o animal foi devolvido com sucesso ao mar.

E para quem acha que a situação é inusitada, Nicolás Leiva, agente do Serviço Nacional de Pesca e Agricultura, em entrevista ao canal de notícias ‘CNN en Español’, disse ser “completamente natural” encontrar elefantes-marinhos naquela localidade.

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes