5,5 milhões de doses da CoronaVac chegam ao Brasil

A maior remessa do imunizante produzido pelo Butantan em parceria com a Sinovac desembarcou em Campinas, na véspera do Natal.

Na manhã de quinta-feira (24), o governo de São Paulo recebeu 5,5 milhões de doses da CoronaVac. O carregamento chegou por volta das 5h30 no aeroporto de Viracopos, em Campanas.  É a maior remessa de imunizantes que o Brasil recebeu desde o começo da pandemia.

5,5 milhões de doses da CoronaVac

Segundo informações do estado de São Paulo, a carga era composta por 2,1 milhões de doses já prontas para aplicação e mais 2,1 mil litros de insumos, correspondentes a 3,4 milhões de doses.

As vacinas chegaram de um voo da China que fez escala na Suíça, e em seguida foram descarregadas no terminal de cargas. Quem estava no aeroporto para receber a remessa era o secretário de Saúde do estado, Jean Gorinchteyn, e do diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas. As vacinas foram enviadas para a capital do estado por volta de 7h30.

A expectativa neste mês ainda cheguem mais duas cargas do imunizante, sendo 400 mil no dia 28 e 1,6 milhão no dia 30. Todas para São Paulo. Até o dia 31 de dezembro, 10,8 milhões de doses do CoronaVac devem estar em solo brasileiro. Segundo o governador João Dória (PSDB), o plano de imunização deve começar no dia 25 de janeiro de 2021. A aprovação da Anvisa ainda está pendente.

Vacina 3
Foto: governo de são paulo/divulgação

Adiamento dos resultados

O governo de São Paulo está para divulgar os estudos para comprovar a eficácia da vacina CoronaVac. Contudo, ontem (23), o estado adiou novamente a divulgação dos testes detalhados. Dimas Covas segue afirmando que o imunizante é eficaz e que a fase 3 de testagem comprova isso.

O secretário de Saúde do Estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn, informou que, apesar do atraso, a vacinação no estado terá início no dia 25 de janeiro. Contudo, a aprovação da Anvisa para o início da vacinação em massa ainda está pendente. O Instituto Butantan deve enviar o relatório com os resultados finais dos testes ao órgão para conseguir autorização.

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.