Joseph Safra, homem mais rico do Brasil, morre aos 82 anos

O empresário libanês, Joseph Safra, considerado o homem mais rico do Brasil morreu de causas naturais nesta quinta-feira em SP

O fundador do Banco Safra, Joseph Safra, 82 anos morreu nesta quinta-feira (10) em São Paulo. Em nota, a assessoria do Banco Safra informou que ele morreu de causas naturais “É com imenso pesar que comunicamos o falecimento, nesta data, do Sr. Joseph Safra, aos 82 anos, de causas naturais”, diz o texto.

Homem mais rico do Brasil

De acordo com ranking de bilionários brasileiros da revista Forbes Brasil, Joseph Safra é considerado o homem mais rico do Brasil em 2020. Ele lidera o topo da lista com um patrimônio de mais de R$ 119,08 bilhões. De acordo com a Forbes, o homem mais rico do Brasil também é o banqueiro mais rico do mundo.

Empreendedor nato, o banqueiro que nasceu no Líbano, imigrou para o Brasil na década de 60 foi responsável pela construção do Grupo Safra no mundo.

Curiosidades Joseph Safra

Chamado de Zé por amigos próximos e de ‘Seu José’ por seus funcionários, o homem mais rico do Brasil morava no bairro do Morumbi, em São Paulo. Sua gigante mansão tem 11 mil metros quadrados e o IPTU é avaliado em 1 milhão de reais. Segundo entrevista ao site Seu Dinheiro, Joseph só transitava pela cidade de helicóptero.

Apesar da vida luxuosa, o Joseph Safra foi bastante discreto em sua trajetória e manteve sempre distancia da imprensa e entrevistas, dando declarações apenas através de comunicados oficiais.

Além de empresário, o libanês que é considerado o homem mais rico do Brasil, se tornou um dos maiores colecionadores de obras do Brasil. O sobrenome da família também é sempre aliado aos negócios e projetos filantrópicos. Ele e a família contribuíram sempre em causas sociais tanto no Brasil quanto no exterior.

O empresário é um dos maiores doadores de dois dos mais importantes hospitais de São Paulo, o Hospital Albert Einstein e o Hospital Sírio-Libanês. Além disso, doou as esculturas de Rodin a Pinacoteca de São Paulo e o manuscrito original da Teoria da Relatividade escrita pelo cientista Albert Einstein para o Museu de Israel em Jerusalém.

Joseph Safra era poliglota e se comunicava em sete línguas: inglês, francês, espanhol, italiano, hebraico, árabe e português. Ele deixa esposa, quatro filhos e 14 netos.

Você pode gostar também
buy cialis online