Veja como será pago o auxílio emergencial da prefeitura de SP

Ao todo, cerca de 480 mil famílias serão beneficiadas com o auxílio emergencial na capital paulista

Para tentar minimizar os impactos sociais causados pela crise do novo coronavírus, foi criado na capital paulista o programa Renda Básica Emergencial, um auxílio emergencial da prefeitura de SP que vai ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade. O benefício é uma espécie de complementação ao auxílio concedido pelo Governo Federal.  

O auxílio emergencial da prefeitura de SP prevê pagamento mensal de R$ 100. Parte dos beneficiários já começam a receber nesta quarta-feira (9) e vão pegar de uma só vez o valor de R $300, referente aos meses de outubro, novembro e dezembro.  Cerca de 480 mil famílias receberam o benefício,  segundo a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS).

INSS: veja como funciona a aposentadoria de quem morreu

Como será pago o auxílio emergencial da prefeitura de SP?

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O benefício será depositado automaticamente diretamente aos beneficiários que tiverem conta na Caixa. Mas quem não possui conta neste banco, será aberta uma Conta Poupança Social Digital. Ou seja, neste caso o auxílio emergencial da prefeitura de SP pode ser recebido pelo aplicativo Caixa Tem. 

O valor poderá ser sacado em qualquer agência da Caixa Econômica Federal, com um documento oficial com foto. 

Quem tem direito ao benefício? 

  • Pessoas de baixa renda, cadastradas no Bolsa Família. Cada membro da família ter direito ao pagamento de um benefício;

 

  • Pessoas com deficiência física, mas que não recebem o benefício de prestação continuada (BPC). O valor para elas é maior, de R$ 200 por mês; 

 

  • Famílias de trabalhadores ambulantes que têm o Termo de Permissão de Uso (TPU) ou são cadastradas no To Legal!. Elas, porém, precisam se enquadrar nos requisitos do Bolsa Família;

Pagamento se encerra ainda em dezembro

As primeiras parcelas do auxílio emergencial da prefeitura de SP já começaram a ser depositadas nesta quarta-feira (9), no entanto, os pagamentos vão continuar até meados de dezembro, de acordo com o calendário. Veja:

  • 09/12 – Beneficiários com final NIS 1 e 2
  • 10/12 – Beneficiários com final NIS 3 e 4
  • 11/12 – Beneficiários com final NIS 5 e 6
  • 14/12 – Beneficiários com final NIS 7 e 8
  • 15/12 – Beneficiários com final NIS 9 e 0
Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes