Veja o abre fecha na volta à Fase Vermelha em SP no dia 1 de janeiro

De sexta a domingo todo o Estado de São Paulo estará na Fase Vermelha. Nesse período só serviços essenciais podem funcionar. Confira.

A partir desta sexta-feira (1°) o Estado de São Paulo volta à Fase Vermelha da pandemia da Covid-19, que é, dentro do Plano SP, a medida mais restrita ao contágio e disseminação do novo coronavírus.

A Fase Vermelha irá funcionar até domingo (3) e só poderão abrir, serviços considerados essenciais à população paulista.

Veja o que abre durante a Fase Vermelha em SP:

  • Mercados e supermercados
  • Padarias
  • Farmácias
  • Postos de Combustíveis
  • Lavanderias
  • Serviços de Hotelaria

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Os restaurantes e lanchonetes só poderão funcionar no sistema delivery.

O que fecha nesse período:

  • Comércio a céu aberto
  • Shopping centers
  • Bares, restaurantes e lanchonetes
  • Parques
  • Academias
  • Salões de Beleza e barbearias
  • Escritórios
  • Cinemas, Galerias de Arte e demais estabelecimentos culturais

O decreto da Fase Vermelha em todo estado foi assinado na última semana pelo governador de São Paulo, João Dória e vale para os dias que sucederam ao Natal (25 a 27 de dezembro) e sucederão ao Réveillon (1° a 3 de janeiro). No final de semana passado, o estado teve aumento no índice de isolamento, mas algumas cidades não respeitaram determinações e praias ficaram lotadas, pelo menos, 20 municípios foram notificados por não cumprirem as medidas.

A partir de segunda-feira (4), todo o estado volta à fase amarela, com exceção da região de Presidente Prudente, no extremo oeste, que está classificada na fase vermelha pelo Plano São Paulo.

Plano SP

Pensando em estratégias de prevenção à doença, o governo paulista criou o Plano São Paulo e delimitou ações de desenvolvimento da Covid-19 em SP por cores: fase verde, fase amarela e fase vermelha. Há também as fazes laranja e azul.

O novo coronavírus já registrou mais de 1 milhão de casos confirmados da doença em todo o Estado de São Paulo. Até o momento, são 46.477 mil óbitos de Covid-19.

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes