Trabalhou em 2019? Nascidos em setembro podem sacar abono salarial de R$ 1.045

O valor que cada trabalhador tem para sacar é proporcional ao número de meses trabalhados formalmente em 2019. Quem trabalhou o ano todo recebe o valor cheio, que equivale a um salário (R$ 1.045,00).

Os trabalhadores da iniciativa privada, nascidos em setembro, e funcionários públicos inscritos no Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) com número final 2 podem sacar o abono salarial referente a 2019. O recurso do PIS (Programa de Integração Social) e do Pasep estão disponíveis a partir desta terça-feira (15) até o dia 28 de junho de 2019.

  • Saiba como consultar seu Abono Salarial do Pis/Pasep aqui.

Qual o valor do Abono salarial?

O valor que cada trabalhador tem para sacar é proporcional ao número de meses trabalhados formalmente em 2019. Quem trabalhou o ano todo recebe o valor cheio, que equivale a um salário (R$ 1.045,00).

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Conforme publicado pela Agência Brasil, os trabalhadores da iniciativa privada podem sacar os valores com o Cartão do Cidadão e senha nos terminais de autoatendimento, unidades lotéricas e nos correspondentes Caixa Aqui, além das agências.

Proporção (meses trabalhados) Valor Abono 2020:

  • 1 mês – R$ 88,00
  • 2 meses – R$ 175,00
  • 3 meses – R$ 262,00
  • 4 meses – R$ 349,00
  • 5 meses – R$ 436,00
  • 6 meses – R$ 523,00
  • 7 meses – R$ 610,00
  • 8 meses – R$ 697,00
  • 9 meses – R$ 784,00
  • 10 meses – R$ 871,00
  • 11 meses – R$ 958,00
  • 12 meses – R$ 1.045,00

Quando serão feitos os pagamentos do Abono Salarial?

Os trabalhadores que nasceram entre julho e dezembro recebem o abono salarial do PIS ainda neste ano. Os nascidos entre janeiro e junho terão o recurso disponível para saque em 2021.

Os servidores públicos com o final de inscrição do Pasep entre 0 e 4 também recebem em 2020. Já as inscrições com final entre 5 e 9, recebem no ano que vem. O fechamento do calendário de pagamento do exercício 2020/2021 será no dia 30 de junho de 2021.

Quem tem direito ao abono salarial?

Para ter direito ao abono, o trabalhador já deveria estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

  • Quem trabalhou com carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2019
  • Ganhou, no máximo, dois salários mínimos, em média, por mês Está inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos
  • É preciso que a empresa onde trabalhava tenha informado os dados corretamente ao governo

Como saber se tenho direito?

Para saber se tem direito ao abono salarial, é possível fazer a consulta das seguintes maneiras: PIS (trabalhador de empresa privada): No Aplicativo Caixa Trabalhador No site da caixa (www.caixa.gov.br/PIS), clique em “Consultar pagamento” Pelo telefone de atendimento da Caixa: 0800 726 0207.

Quando serão os próximos pagamentos?

 

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes