Antecipação da segunda parcela do auxílio emergencial começa dia 16

A antecipação dos depósitos da segunda parcela do auxílio emergencial é uma das últimas notícias do auxílio emergencial 2021. O próximo pagamento do benefício de R$ 150, R$ 250 e R$ 375 vai começar em 16 de maio e finalizar no dia 30 do mesmo mês. Os beneficiários também vão conseguir sacar a segunda parcela do auxílio emergencial antes do previsto.

O calendário da primeira parcela do benefício também já foi modificado. Ao passo que até agora, as datas de pagamento da terceira e quarta parcela não sofreram alterações.

De acordo com o Ministério da Economia, a primeira parcela do benefício chegou a 39,1 milhões de famílias, incluindo inscritos por meio digital, integrantes do Cadastro Único e do Bolsa Família

Antecipação da segunda parcela do auxílio emergencial

- PUBLICIDADE -

A segunda parcela do auxílio emergencial será paga antes do previsto no calendário inicial. Essa novidade do auxílio emergencial foi divulgada nesta quinta-feira (13), a partir de anúncio do governo federal. O cronograma da primeira parcela também já passou por mudanças.

A antecipação está prevista na Portaria nº 630, que indica as novas datas de pagamento da segunda parte dos benefícios de R$ 150, R$ 250 e R$ 375. Tanto as datas de depósito em conta digital quanto de liberação para saques foram alteradas.

Segundo o Ministério da Cidadania, a mudança vai beneficiar mais de 29 milhões de famílias, que tiveram inscrição no auxílio a partir dos canais digitais e do Cadastro Único.

O calendário dos integrantes do Bolsa Família continua o mesmo. Esse grupo recebe o auxílio nas mesmas datas que o cronograma regular do programa. Sendo assim, nos últimos dez dias de cada mês, com divisão dos cidadãos de acordo com o final do Número de Identificação Social (NIS).

Novo calendário da segunda parcela do auxílio emergencial

No calendário atualizado da segunda parcela do auxílio emergencial, os depósitos começam no dia 16 de maio, mesma data prevista no anterior. Ao passo que, são finalizados no mesmo mês, seguindo até o dia 30 de maio. No cronograma inicial, o crédito da segunda parte finalizava apenas em 16 de junho.

Os beneficiários também vão poder retirar o dinheiro em espécie mais cedo. O novo calendário de saques, começa as liberações no dia 31 de maio a 17 de junho. Na definição anterior, os saques e transferências estavam previstos para serem liberados entre 8 de junho e 8 de julho.

- PUBLICIDADE -

A divisão a partir do mês de nascimento dos beneficiários continua. Dessa forma, os nascidos em janeiro são os primeiros a receber o dinheiro e terem a liberação para saque. Enquanto os nascidos em dezembro finalizam o calendário.

Confira então as datas de depósito em conta digital e de saques da segunda parcela do auxílio emergencial.

Depósitos em conta digital

No calendário de depósitos em poupança social digital, os nascidos em janeiro recebem sua primeira parcela em 16 de maio. Os depósitos seguem até o dia 30 de maio, com pagamento para os nascidos em dezembro.

  • Nascidos em janeiro: 16 de maio
  • Nascidos em fevereiro: 18 de maio
  • Nascidos em março: 19 de maio
  • Nascidos em abril: 20 de maio
  • Nascidos em maio: 21 de maio
  • Nascidos em junho: 22 de maio
  • Nascidos em julho: 23 de maio
  • Nascidos em agosto: 25 de maio
  • Nascidos em setembro: 26 de maio
  • Nascidos em outubro: 27 de maio
  • Nascidos em novembro: 28 de maio
  • Nascidos em dezembro: 30 de maio

Liberação para saques

Em seguida, nos saques e transferências da segunda parcela do auxílio emergencial, a Caixa libera os nascidos em janeiro no dia 31 de janeiro. Os aniversariantes de dezembro são liberados no dia 17 de junho, finalizando o calendário.

  • Nascidos em janeiro: 31 de maio
  • Nascidos em fevereiro: 01 de junho
  • Nascidos em março: 02 de junho
  • Nascidos em abril: 04 de junho
  • Nascidos em maio: 08 de junho
  • Nascidos em junho: 09 de junho
  • Nascidos em julho: 10 de junho
  • Nascidos em agosto: 11 de junho
  • Nascidos em setembro: 14 de junho
  • Nascidos em outubro: 15 de junho
  • Nascidos em novembro: 16 de junho
  • Nascidos em dezembro: 17 de junho

- PUBLICIDADE -

Benefício terá quatro parcelas

Depois do pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial, os beneficiários ainda devem receber mais duas parcelas. A previsão é que os depósitos ocorram até agosto, e as liberações para saque sigam até setembro.

O benefício médio é de R$ 250, no entanto ele pode variar de acordo com a composição da família. Pessoas que moram sozinhas recebem parcelas de R$ 150. Enquanto as mães solteiras pegam R$ 375.

Formas de acompanhar o auxílio emergencial

Para saber se foram aprovadas no auxílio emergencial 2021, que não contou com novas inscrições, os cidadãos podem acessar o Portal de Consultas da Dataprev. Para fazer a consulta é preciso informar o número de CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento. Em caso de negativa do benefício, o sistema aponta o motivo.

Além disso, quem foi aprovado para a nova rodada do benefício consegue acompanhar o seu auxílio emergencial por meio do aplicativo Caixa Tem. É através dele, que o cidadão tem acesso a conta digital em que são feitos os depósitos. Na plataforma, é possível verificar o saldo disponível e também o extrato, para conferir como já usou o dinheiro.

 

Leia também:

Telefone do auxílio emergencial: como fazer consulta no número da Caixa

- PUBLICIDADE -

7 perguntas sobre o saque do auxílio emergencial 2021

Auxílio Emergencial
Comentários (0)
Comentar