Bolsa Família: últimas parcelas do auxílio emergencial R$300 de novembro

Desde o dia 17 de novembro, os integrantes do Bolsa Família estão recebendo a oitava parcela do auxílio emergencial. Pagamentos de novembro devem terminar no dia 30

Desde o dia 17 de novembro, os integrantes do Bolsa Família estão recebendo a oitava parcela do auxílio emergencial. Portanto, as cinco primeiras parcelas corresponderam ao valor de R$ 600, e trata-se da terceira cota no valor de R$ 300. Diferente dos pagamentos usuais, então, os beneficiários do Bolsa Família estão recebendo segundo um calendário diferente da Caixa, que considera o Número de Identificação Social (NIS).

 

Calendário do auxílio emergencial do Bolsa Família (NIS):

  • Número final de inscrição 1: receberão a partir de 17 de novembro (terça-feira);
  • Final de inscrição 2: receberão a partir de 18 de novembro (quarta-feira);
  • Final de inscrição 3: receberão a partir de 19 de novembro (quinta-feira);
  • Número final de inscrição 4: receberão a partir de 20 de novembro (sexta-feira);
  • Final de inscrição 5: receberão a partir de 23 de novembro (segunda-feira);
  • Final de inscrição 6: receberão a partir de 24 de novembro (terça-feira);
  • Número final de inscrição 7: receberão a partir de 25 de novembro (quarta-feira);
  • Final de inscrição 8: receberão a partir de 26 de novembro (quinta-feira);
  • Final de inscrição 9: receberão a partir de 27 de novembro (sexta-feira);
  • Por fim, número final de inscrição 0: receberão a partir de 30 de novembro (segunda-feira).

Assim, os beneficiários podem fazer o saque através do cartão do Programa Bolsa Família, Cartão Cidadão ou por crédito em conta da Caixa. Os pagamentos devem durar até dezembro devido à segunda prorrogação anunciada pelo presidente, assim os prolongando por mais quatro meses. Dessa forma, os últimos pagamentos devem iniciar no dia 10 de dezembro e se estender até o dia 23 do mesmo mês, segundo o calendário da Caixa Econômica Federal.

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Quais foram os critérios para o recebimento?

  • Ter mais de 18 anos (com exceção de mães adolescentes);
  • Não receber benefício do INSS;
  • Ter uma renda familiar de até três salários mínimos (R$ 3.135,00);
  • Não ter emprego formal;
  • Não ter tido, então, um rendimento tributável acima do teto de R$ 28.559.70 em 2018.

Além disso, as parcelas do auxílio emergencial de R$ 300 de extensão não foram aprovadas para todos os beneficiários do Bolsa Família em novembro. Em suma, apenas os aprovados entre os meses de abril, julho e os beneficiários do Bolsa Família terão acesso a alguma dessas parcelas.

 

Leia também:

Pagamentos do Bolsa Família poderão ser recebidos no Caixa TEm

Renda Cidadã não emplaca e Governo deve manter Bolsa Família

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes