Auxílio emergencial: nascidos em janeiro e fevereiro recebem hoje

A Caixa abre hoje 772 agências, com horário de funcionamento das 8h às 12h. Os beneficiários podem sacar em espécie os valores recebidos nos ciclos 3 e 4.

Neste sábado (07), a Caixa Econômica Federal libera saques e transferências do auxílio emergencial para 6,9 milhões de cidadãos nascidos em janeiro e fevereiro. Sendo assim, os beneficiários podem sacar em espécie os valores recebidos nos ciclos 3 e 4. Os quais contemplam os inscritos via Cadastro Único, site ou aplicativo da Caixa.

A Caixa abre hoje 772 agências, com horário de funcionamento das 8h às 12h. Nota-se que, os nascidos em janeiro vão poder sacar o dinheiro depositado nos dias 30 de setembro e 30 de outubro. Já os nascidos em fevereiro terão acesso às parcelas depositadas nos dias 05 de outubro e 04 de novembro. Ao todo foram creditados R$ 5,7 bilhões para esse grupo.

A saber, antes dessa liberação para saques e transferências, os beneficiários já podiam movimentar os recursos através do aplicativo Caixa Tem. Para pagamentos de contas domésticas e boletos, bem como para compras usando o cartão de débito virtual.

Parcelas do auxílio emergencial

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Os valores recebidos variam de acordo com o mês que a pessoa entrou no programa. Quem começou a receber o auxílio em abril, já está na 7ª parcela. A saber, são cinco parcelas de R$ 600 (ou R$ 1200 para mães chefe de família). E depois disso, se recebe até o fim do ano parcelas do auxílio residual, de R$ 300 (ou R$ 600 para mães chefe de família). Veja a quantidade de parcelas que deve receber:

  • 9 parcelas no total: para quem começou a receber o auxílio em abril, são 4 parcelas de R$ 300;
  • 8 parcelas no total: para quem começou a receber o auxílio em maio, são 3 parcelas de R$ 300;
  • 7 parcelas no total: para quem começou a receber o auxílio em junho, são 2 parcelas de R$ 300;
  • 6 parcelas no total: para quem começou a receber o auxílio em junho, é 1 parcela de R$ 300;
  • 5 parcelas no total: para quem começou a receber o auxílio de julho em diante.

 

Leia também:

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes