Auxílio enchente no PE será pago em uma parcela; veja valor

Benefício deverá atender famílias afetadas pelas chuvas que caíram no estado

Após as fortes chuvas que atingiram o estado de Pernambuco na última semana, o governo estadual anunciou o pagamento de um auxílio para as vítimas da enchente. De acordo com o governador Paulo Câmara, cerca de 82 mil famílias em situação de extrema pobreza serão beneficiadas em Pernambuco. No entanto, a gestão explicou que o valor do auxílio enchente deverá ser pago de forma emergencial.

Qual o valor do Auxílio enchente no Pernambuco

A proposta enviada pelo governador para a Assembleia Legislativa prevê o pagamento em parcela única de R$ 1,5 mil. O programa, que recebeu o nome de Auxílio Pernambuco, beneficiará as famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal que moram em um dos 31 municípios que decretaram situação de emergência no estado. Dessa forma, não será possível abrir solicitação para receber o valor do auxílio enchente.

Mas, para quem já está inscrito no CadÚnico, é preciso checar a lista de cidades que estão em situação de emergência no estado para saber se a família terá direito ao valor do auxílio enchente. São elas: Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Goiana, Jaboatão dos Guararapes, Macaparana, Moreno, Nazaré da Mata, Olinda, Paudalho, Paulista, Recife, São José da Coroa Grande, São Vicente Ferrer, Timbaúba, Abreu e Lima, Araçoiaba, Igarassu, Aliança, Glória do Goitá, Vicência, Bom Jardim, Limoeiro, Passira, São Lourenço da Mata, Pombos, Palmares, Sirinhaém, Lagoa do Carro, Tracunhaém, Chã Grande, Escada, João Alfredo, Chã de Alegria, Correntes, Água Preta, Itamaracá e Primavera.


No estado, também será feito o pagamento de uma pensão vitalícia de um salário mínimo aos dependentes dos mortos pelas enchentes no estado. No total, 128 pessoas perderam a vida em deslizamentos ou alagamentos.

Já no Recife, o prefeito João Campos informou que disponibilizará um auxílio enchente no valor de R$ 1.000 para as famílias inscritas no CadÚnico e que moram em áreas de risco ou pontos de alagamento definidos pela Defesa Civil. Assim como o benefício estadual, o auxílio da capital pernambucana também será pago em parcela única. O município também informou que realizará um reajuste no valor do auxílio moradia que é pago para quem ficou desalojado ou desabrigado. Agora, o valor que era de R$ 250 passará a ser de R$ 300.

Além disso, o Governo Federal também anunciou algumas ações emergenciais para Pernambuco. A principal delas é com relação ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que será liberado para os trabalhadores dos municípios atingidos. De acordo com o Governo Federal, os trabalhadores poderão sacar até R$ 6.220,00. Para solicitar o recebimento do benefício, os moradores de Pernambuco deverão acessar o aplicativo do FGTS, na opção saque digital.


Outra ação que deverá ser realizada é a consulta ao Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (CODEFAT) para verificar a possibilidade de liberação do Seguro-Desemprego aos trabalhadores residentes nas áreas atingidas. Mas, até agora, não há definição sobre essa medida.

Leia também:

Saque extraordinário do FGTS cai na conta poupança direto?

FGTS Saque Extraordinário 2022: nova parcela já está liberada

Você pode gostar também