CadÚnico 2021: saiba como atualizar para receber o Auxílio Brasil

O CadÚnico 2021 é o principal requisito para que as famílias de baixa renda possam receber o Auxílio Brasil – o novo programa do governo federal. A iniciativa substituirá o Bolsa Família e começará a ser pago com o fim do auxílio emergencial que já se aproxima.

Atualmente esse cadastro é a porta de entrada para vários programas sociais oferecidos do governo federal, então, veja como fazer a atualização dos seus dados para receber o novo benefício. 

O que é o Auxílio Brasil 2021?

O Auxílio Brasil pretende substituir o Bolsa Família e oferecer várias políticas públicas de assistência social, saúde, educação, emprego e renda. Sendo assim, poderão ser beneficiadas pelo novo programa os cidadãos que atualmente recebem o Bolsa Família Famílias e que possuem renda por pessoa é de R$ 89,01 e R$ 178  e que estão em situação de pobreza desde que tenha em sua composição gestantes, mães que amamentam, crianças ou adolescentes entre 0 e 21 anos.

Também têm direito aquelas que estão em situação de extrema pobreza e recebem por pessoa a renda de até R$ 89 por mês. A proposta não estabelece o valor a ser recebido pelos beneficiários, o que deve ser definido até novembro que é a previsão de lançamento do programa.

Como saber se faço parte do Cadastro Único 2021?

Foto: reprodução

 

O CadÚnico é voltado às seguintes famílias:

- PUBLICIDADE -

  • famílias que possuem renda mensal por pessoa de até meio salário mínimo R$ 522,50 
  • famílias que possuem renda mensal familiar total de até três salários R$ 3.135,00 
  • pessoas ou famílias em situação de rua, 
  • famílias que não se encaixam nestas situações, mas que sejam público alvo de programas específicos.

Sendo assim, os cidadãos que querem receber o Auxílio Brasil mas não sabem se possuem o CadÚnico 2021 devem checar essa informação através da plataforma Meu CadÚnico. Esse sistema pode ser acessado através do computador no endereço meucadunico.cidadania.gov.br.

Também dá para conferir essa informação pelo celular, mas para isso é necessário fazer download do aplicativo.  Para isso, informe seu nome completo, data de nascimento, nome da mãe, além do estado e o município onde reside. Depois, basta clicar na opção “não sou um robô” para ter acesso às informações do CadÚnico 2021.

Se você possuir o cadastro,  o sistema informará a situação em que ele se encontra. Caso contrário você será informado que ainda não está na base de dados do governo federal.

Em quais situações devo atualizar o CadÚnico?

Para garantir que todos os dados estejam sempre corretos, a família é orientada a fazer a atualização a cada dois anos. Essa também é uma obrigatoriedade para participar dos programas sociais e se estenderá ao Auxílio Brasil 2021. 

Pelo aplicativo é também possível saber se o cadastro está desatualizado, isso acontece quando a família muda de endereço, telefone ou se houver alteração na renda mensal familiar ou estado civil do titular do CadÚnico. Também é preciso fazer a atualização de dados em caso de nascimento, adoção ou falecimento de algum membro da família. 

Como fazer a atualização do CadÚnico 2021?

A atualização é feita pelas prefeituras dos municípios brasileiros, sendo assim, o interessado deve ir até o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou em um posto de atendimento do Cadastro Único. Para esse procedimento, tenha em mãos os documentos dos membros da família, como CPF, RG, Título Eleitor; além da certidão de nascimento quando houver crianças.

No caso de pessoa indígena é preciso apresentar o Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI). Para atualizar a renda, tenha em mãos a carteira de trabalho daqueles que possuem vínculo empregatício e o comprovante de endereço (de preferência a conta de luz).

Enquanto durar a pandemia os municípios também estão autorizados à fazer a coleta dos dados para atualização cadastral por telefone ou por meio eletrônico. Neste caso, ligue para o número gratuito 0800 707 2003 e escolha a opção 5 para se informar sobre o procedimento. O atendimento é de segunda a sexta-feira e vai das 7h às 19h e a ligação pode ser feita por telefone fixo ou celular.

Depois desse procedimento será possível fazer a emissão do comprovante de inscrição no CadÚnico, que possui informações de até 45 dias antes da data da solicitação. Nesse documento consta a data de cadastramento e da última atualização cadastral, além do nome completo, data de nascimento e NIS (Número de Identificação Social) de cada um dos integrantes da família.

- PUBLICIDADE -

Como se cadastrar no CadÚnico 2021 pela internet?

O cadastramento não pode ser feito pela internet. Em maio deste ano, o Ministério da Cidadania chegou a ressaltar que estava trabalhando na modernização do Cadastro Único para que fosse possível disponibilizar a inscrição das famílias por um aplicativo. 

No entanto, essa opção ainda não foi disponibilizada, portanto, é preciso ir até o setor responsável pelo Cadastro Único em sua cidade para se inscrever. A orientação é de que a solicitação seja feita por um responsável que tenha pelo menos 16 anos. Assim como na atualização, é necessário apresentar os documentos pessoais para fazer a inscrição. Depois disso, o responsável fará a entrevista para confirmar os dados. 

 

LEIA TAMBÉM: 

Auxílio Brasil vai pagar benefício compensatório do Bolsa Família

Auxílio Brasil será o novo bolsa família de 2021; veja quem tem direito

Auxílio Brasil
Comentários (0)
Comentar