Calendário bolsa família 2021: pagamentos de setembro do auxílio

Em setembro, o pagamento será feito entre os dias 17 e 30

O calendário do Bolsa Família 2021 abre uma nova rodada de pagamentos a partir do dia 17/9. As parcelas são pagas sempre na segunda quinzena de cada mês, e em setembro contará também com dinheiro do auxílio emergencial. Veja as datas.

Calendário bolsa família 2021 do mês de setembro

No mês de setembro de 2021, o pagamento será feito entre os dias 17 e 30, conforme o dígito final do Número de Identificação Social (NIS).  Os valores que correspondem ao auxílio emergencial também serão creditados na conta do beneficiário.

NIS com final 1: recebem e podem sacar dia 17 de setembro – sexta
NIS com final 2: recebem e podem sacar dia 20 de setembro – segunda
NIS com final 3: recebem e podem sacar dia 21 de setembro – terça
NIS com final 4: recebem e podem sacar dia 22 de setembro – quarta
NIS com final 5: recebem e podem sacar dia 23 de setembro – quinta
NIS com final 6: recebem e podem sacar dia 24 de setembro – sexta
NIS com final 7: recebem e podem sacar dia 27 de setembro – segunda
NIS com final 8: recebem e podem sacar dia 28 de setembro – terça
NIS com final 9: recebem e podem sacar dia 29 de setembro – quarta
NIS com final 0: recebem e podem sacar dia 30 de setembro – quinta

Confira o calendário completo do auxílio emergencial para o Bolsa Família 2021. As datas de agosto a outubro, equivalentes a 5ª, 6ª e 7ª parcela da extensão do Auxílio Emergencial.

Calendário bolsa família 2021 setembro
Foto: Caixa/divulgação

Qual o valor do bolsa e auxílio emergencial?

Durante a pandemia do coronavírus, os contemplados pelo Bolsa Família  tem o pagamento substituído pelo valor do auxílio emergencial. Em 2021, os beneficiários vão receber o valor maior até outubro.

Isso significa que uma pessoa receba do Bolsa Família R$ 190 e foi aprovada no auxílio emergencial com o valor médio de R$ 250, ela receberá apenas o equivalente ao auxílio de duzentos e cinquenta reais.

O valor do auxílio emergencial 2021 paga os seguintes valores: R$ 150,00, R$ 250,00 e R$ 375,00, dependendo do perfil da família.

R$ 150 – Pessoas que moram sozinhas
R$ 250 – Famílias com mais de uma pessoa e que não são chefiadas por mulheres
R$ 375 – Mulheres provedoras de família monoparental (mães solteira)

Quem tem direito a extensão do auxílio emergencial 2021?

Os beneficiários do Bolsa Família 2021 são aptos a receber o auxílio emergencial de extensão, e os próximos pagamentos vão seguir o cronograma padrão: que varia de acordo com o final do Número de Inscrição Social (Nis).

A última parcela da extensão do auxílio emergencial 2021 para o Bolsa Família será pago em 29 de outubro.

É importante lembrar que a Dataprev, sistema que faz a gestão dos dados do auxílio emergencial, está fazendo um pente fino para localizar irregularidades, ou seja, quem está recebendo o benefício mesmo sem ter direito.

Quem pode receber?

Tem mais de 18 anos, com exceção de mães adolescentes;
Recebe Bolsa Família;
Não tem carteira assinada;
Não recebe nenhum benefício previdenciário como aposentadoria ou auxílio;
Teve rendimento de até R$ 28.559,70 durante todo o ano de 2019;
Ficam excluídos também quem tenha CPF vinculado à pensão por morte, seja estagiário, residente médico ou multiprofissional ou ainda receba bolsas de estudo dos governos municipal, estadual ou federal.

Bolsa família 2021 será o Auxílio Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou o novo Bolsa Família 2021. Chamado “Auxílio Brasil”, o benefício vai substituir o maior programa social do País.

pagamento deve começar depois de terminada a prorrogação do auxílio emergencial, que vai até outubro de 2021. Portanto, se o anuncio do governo se concretizar, em novembro já deve começar o pagamento do novo Bolsa Família 2021. Veja qual será o valor do Auxílio Brasil

Você pode gostar também
buy cialis online