Calendário de saque 7 parcela auxílio emergencial: veja as datas

Esse pagamento será depositado durante o mês de outubro e, até agora, se refere à última parcela do auxílio emergencial em 2021

A Caixa Econômica Federal já liberou as datas do calendário de saque 7 parcela do auxílio emergencial. Até o momento, este será o último pagamento do benefício a ser realizado em 2021, então, veja a seguir quando você vai poder ter acesso ao dinheiro em espécie.

Quem preferir também poderá fazer a transferência de valores que serão depositadas na conta poupança social digital durante o mês de outubro. Confira! 

Vai ter 7 parcela do auxílio emergencial 2021?

O pagamento da 7ª parcela do auxílio emergencial já está confirmado. Segundo o calendário atualizado da Caixa Econômica Federal, o depósito está previsto para começar no dia 18 de outubro. Recebem primeiro as pessoas que fazem parte do programa Bolsa Família e, dois dias depois, será a vez do público geral. 

Então, a partir do dia 20 de outubro as pessoas que se cadastraram para receber o auxílio emergencial através do site ou aplicativo Caixa Tem, assim como aqueles que possuem o CadÚnico (Cadastro Único para programas sociais do governo federal) terão a 7ª parcela creditada em sua conta digital. 

Esse ciclo se estenderá até o dia 31 de outubro, assim, os beneficiários que possuem direito de receber a última parcela receberão informações sobre o auxílio através de mensagens enviadas pela Caixa Econômica Federal pelo WhatsApp. Desta forma, é possível ter acesso a todos os detalhes sobre as datas do pagamento e da liberação do saque e transferências.  

Relacionado | Auxílio Emergencial calendário 2021: veja os pagamentos de outubro

Quando posso sacar meu auxílio emergencial?

A liberação do calendário de saque 7 parcela do auxílio emergencial acontecerá de acordo com dois calendários diferentes. O primeiro será voltado aos inscritos no Bolsa Família, que podem sacar o dinheiro de forma imediata. Portanto, se você faz parte desse grupo poderá ter acesso ao dinheiro de acordo com o seguinte calendário de saque da 7 parcela: 

  • Quem possui NIS com final 1: pode sacar dia 18 de outubro
  • Quem possui NIS com final 2: pode sacar dia 19 de outubro
  • Quem possui NIS com final 3: pode sacar dia 20 de outubro
  • Quem possui NIS com final 4: pode sacar dia 21 de outubro
  • Quem possui NIS com final 5: pode sacar dia 22 de outubro
  • Quem possui NIS com final 6: pode sacar dia 25 de outubro
  • Quem possui NIS com final 7: pode sacar dia 26 de outubro
  • Quem possui NIS com final 8: pode sacar dia 27 de outubro
  • Quem possui NIS com final 9: pode sacar dia 28 de outubro
  • Quem possui NIS com final 0: pode sacar dia 29 de outubro

Qual é o calendário de saque da 7 parcela para público geral?

O público geral somente terá acesso ao dinheiro depois da liberação do seu segundo calendário. Nesse grupo estão incluídos os trabalhadores informais, autônomos e microempreendedores individuais (MEI) sem renda suficiente para seu sustento. Geralmente, esses beneficiários aguardam cerca de duas semanas para retirar o dinheiro.

Vale lembrar que a Caixa Econômica Federal fará liberação do calendário de saque da 7 parcela de forma escalonada, seguindo o mês de nascimento do beneficiário. Então, veja abaixo ao calendário de saque  da 7 parcela e saiba quando você vai poder retirar o dinheiro ou fazer transferências para outras contas: 

  • Nascidos em janeiro: podem sacar dia 1º de novembro
  • Nascidos em fevereiro: podem sacar dia 3 de novembro
  • Nascidos em março: podem sacar dia 4 de novembro
  • Nascidos em abril: podem sacar dia 5 de novembro
  • Nascidos em maio: podem sacar dia 9 de novembro
  • Nascidos em junho: podem sacar dia 10 de novembro
  • Nascidos em julho: podem sacar dia 11 de novembro
  • Nascidos em agosto: podem sacar dia 12 de novembro
  • Nascidos em setembro: podem sacar dia 16 de novembro
  • Nascidos em outubro: podem sacar dia 17 de novembro
  • Nascidos em novembro: podem sacar dia 18 de novembro
  • Nascidos em dezembro: podem sacar dia 19 de novembro

Pode sacar o auxílio emergencial depois da data?

Os saques do auxílio emergencial possuem um prazo estabelecido pelo governo federal. Portanto, os beneficiários precisam ficar atentos ao período para poder sacar a 7ª parcela do seu benefício.

Segundo o Decreto nº 10.661/21, que regulamenta os pagamentos de 2021, a retirada do dinheiro da conta poupança social digital deve ser feita em até quatro meses (120 dias)Esse prazo é contado após a liberação do crédito na conta digital do beneficiário.

Sendo assim, os recursos que não forem sacados durante este prazo ou não forem movimentados através do Caixa Tem, retornarão para a União. Com isso, o beneficiário perderá o direito de receber a parcela em questão. 

Vai ter extensão do auxílio emergencial?

A 7ª parcela do auxílio emergencial é a terceira e última da prorrogação que foi feita pelo governo federal em julho. Mas estão crescendo as expectativas para que o benefício seja novamente postergado e dessa vez, poderá se estender até 2022. Isso pode acontecer principalmente devido à dificuldade de implementação do Auxílio Brasil – o novo programa de transferência de renda brasileiro. 

Integrantes da ala política defendem a continuidade do benefício, além do aumento do valor. Atualmente, os cidadãos que estão aptos a receber o auxílio emergencial têm direito de receber parcelas cujo valor varia entre R$ 150 e R$ 375. O pagamento é feito conforme o perfil familiar. 

No entanto, a nova prorrogação ainda enfrenta a resistência de parte da equipe econômica, principalmente do ministro da Economia Paulo Guedes que continua defendendo o início do pagamento do Auxílio Brasil. A previsão é de que esse novo programa atenda às famílias a partir de novembro. A iniciativa tem como objetivo substituir o Bolsa Família e e beneficiar maior número de pessoas em vulnerabilidade social. 

 

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes