Cartão de crédito: aprenda a usar com sabedoria

Pagar a fatura em dia e em sua totalidade é uma das premissas do bom uso do cartão

O cartão de crédito pode ser um aliado financeiro para quem conhece bem as próprias contas e não compra por impulso

O que é o cartão de crédito para você? Vilão ou mocinho? Saiba que ele pode ser as duas coisas, depende exclusivamente da forma como você o utiliza.

Primeiramente, vamos à explicação mais básica de como funciona um cartão de crédito. Trata-se de uma ferramenta que você usa para comprar algo hoje utilizando, para isso, um crédito concedido pela instituição. Por esse “empréstimo”, caso não pague a fatura em dia ou pague apenas uma parte da fatura, terá que pagar juros em cima. É aí que mora o problema. 

Por outro lado, apesar das tantas histórias de endividamento excessivo por conta do cartão de crédito, saiba que ele pode ser um ótimo aliado do seu orçamento se você conhecer direito suas contas, datas de pagamento, e só comprar o que realmente precisa, sem adquirir coisas por impulso. 

 

Pague o total da fatura e não parcele sem necessidade

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Um ponto importante é que se você pagar o total da fatura do cartão de crédito sempre e na data certa, não correrá riscos de ter que desembolsar juros altíssimos depois. Dessa forma, se possível, coloque o pagamento no automático e vá checando ao longo do mês para ver se está tudo OK e se a fatura cabe no orçamento. Entrar no rotativo é algo que você deve evitar sempre.

Também é fundamental você tomar cuidado com parcelamentos. Eles podem arruinar o seu orçamento por um bom tempo, especialmente se você ficar parcelando compras que acontecem todos os meses, como remédios por exemplo. O ideal é analisar as contas, cortar e substituir gastos e tentar deixar o orçamento mais equilibrado. 

E apesar de contar com essa comodidade, uma outra dica é não usar o cartão de crédito para saques, já que, dependendo do tempo em que você utilizar o dinheiro (que não é seu, vale lembrar!), os juros podem sair mais caros que os do cheque especial. 

como usar o cartão de crédito com sabedoria
Imagem: Reprodução / Unsplash

Cuidado com o limite do cartão de crédito

 

Para usar o cartão de crédito com sabedoria também é importante não brincar com o limite oferecido pela instituição financeira. Use realmente apenas quando precisar comprar algo importante que não dá para comprar à vista. Segundo a Proteste, é  importante que os limites somados dos cartões não ultrapassem 50% da renda mensal, porque quem tem mais de um cartão de crédito está mais propenso a fazer dívidas que podem, em pouco tempo, ficar grandes demais e difíceis de pagar. 

Para Rodrigo Alexandre, especialista da Proteste, o aumento de limite sem a respectiva solicitação pode ser uma armadilha. “ Essa é uma das práticas que as financeiras utilizam para estimular o gasto irresponsável, que pode acarretar cobrança de juros elevados em pouco tempo. Cabe ao consumidor, por conta própria, estabelecer um limite”. 

 

Não é preciso pagar anuidade à toa

 

Finalmente, considere o valor que você paga de anuidade para ter um cartão de crédito. Ele só vale a pena se as milhas ou os pontos realmente compensarem o gasto. Atualmente, com as diversas fintechs no mercado, é possível ter cartões de crédito sem anuidade nem taxas, como o oferecido pelo Nubank

Neste caso, porém, pode ser que o limite não seja muito alto para começar. Dessa maneira, o que você pode fazer, caso você precise de um cartão com limite maior e seja vantajoso manter o cartão de seu banco, é limitar-se a apenas um cartão. Desse modo, você centraliza os gastos e  corre menos riscos.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes