Abono salarial: veja se você pode sacar o PIS/Pasep em 2021

Confira até quando é possível sacar os valores do abono salarial referente aos anos de 2018 e 2019.

Alguns trabalhadores que ainda não sacaram o abono salarial e tem direito ao benefício, podem receber os valores até 30 de junho. Os valores são válidos para quem trabalhou com carteira assinada ou esteve registrado como funcionário de órgão público nos anos de 2018 e 2019.

De acordo com dados da Caixa, cerca de 887 mil trabalhadores ainda não sacaram os valores do PIS referente ao ano-base 2019. Ao todo, o montante representa R$ 625,9 milhões. No que se refere aos ano anteriores, mais de 1,9 milhões de pessoas não sacaram o abono, totalizando R$ 1,2 bilhão.

Já com relação ao Pasep de 2019, cerca de 208 mil trabalhadores ainda não resgataram o dinheiro, totalizando um saldo de R$ 96 milhões. No ano-base de 2018, 367 mil beneficiários deixaram de sacar o dinheiro, correspondendo a um total de R$ 295 milhões.

O dinheiro para quem ainda não sacou os valores nos calendários anteriores está disponível a partir da resolução 838 do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat). Com isso, o trabalhador tem até o fim de junho para movimentar os valores.

Quem tem direito ao abono salarial?

Os trabalhadores com direito ao abono salarial precisam se enquadrar em algumas regras do programa. Sendo assim, é necessário ser trabalhador de empresa privada com CNPJ inscrito no PIS ou servidor público inscrito no Pasep.

O tempo necessário é de pelo menos cinco anos. Além disso, os trabalhadores que tenham trabalhado formalmente por, ao menos, 30 dias nos anos de 2018 e/ou 2019, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos da época.

Os dados do trabalhador precisam ser informados pela empresa na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) de 2018 e/ou 2019.

Como consultar e sacar o abono salarial?

Pasep

Para quem é servidor público, a consulta pode ser feita no site www.bb.com.br/pasep. É possível consultar também pelo telefone 0800-7290722. Caso tenha direito e ainda não sacou os valores, o trabalhador pode receber o dinheiro do abono salarial nos caixas eletrônicos do Banco do Brasil, pelo site www.bb.com.br/pasep, ou em uma das agências do banco.

Pis

Os trabalhadores de empresas privadas podem fazer a consulta do benefício pelo site da Caixa (www.caixa.gov.br/abonosalarial), pelo aplicativo Caixa Trabalhador ou pelo telefone 0800-7260207.

Os créditos são depositados na conta da Caixa. Para movimentar os valores, os clientes do banco podem usar o cartão ou pelo aplicativo.

Qual valor do abono salarial?

O valor do abono deve variar conforme a soma do período trabalhado. Assim, considerando o valor atual do salário mínimo de R$ 1.100, os valores segundo os meses trabalhados são:

  • Quem trabalhou 1 mês deve receber, então, R$ 92,00;
  • Quem trabalhou 2 meses deve receber R$ 184;
  • Aquele que trabalhou 3 meses deve receber R$ 275;
  • Quem trabalhou 4 meses deve receber R$ 367;
  • Quem trabalhou 5 meses deve receber R$ 459;
  • Aquele que trabalhou 6 meses deve receber R$ 550;
  • Quem trabalhou 7 meses deve receber R$ 642;
  • Quem trabalhou 8 meses deve receber R$ 734;
  • Aquele que trabalhou 9 meses deve receber R$ 825;
  • Quem trabalhou 10 meses deve receber R$ 917;
  • Quem trabalhou 11 meses deve receber R$ 1.009;
  • Por fim, aquele que trabalhou 12 meses deve receber R$ 1.100.

Leia mais notícias em DCI.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes