Qualificação cadastral: saiba o que é e como consultar

Ao possuir erros de informações registradas no eSocial, os trabalhadores podem ter dificuldade de dar entrada no seguro-desemprego e em outros benefício.

Ao possuir erros de informações registradas no eSocial, os trabalhadores podem ter dificuldade de dar entrada no seguro-desemprego e em outros benefícios, como aqueles relacionados à Previdência Social. Nesse sentido, consultar a qualificação cadastral e corrigir os erros é importante para garantir esses direitos.

O eSocial, ou Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas, é um projeto do governo federal que reúne informações prestadas pelos empregadores sobre seus empregados, como obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas.

O que é a qualificação cadastral?

A qualificação cadastral se trata de uma ferramenta para que o trabalhador realize a consulta de sua situação que deve ser inscrita no sistema eSocial. Através dela, é possível verificar divergências entre os cadastros internos das empresas, os CPFs dos empregados e as informações do Cadastro Nacional de Informações Sociais (Cnis).

O objetivo é garantir que o cadastramento inicial ou admissões de trabalhadores no eSocial sejam feitos de forma correta, por meio da verificação de dados.

Como consultar?

Há duas formas de consultar a qualificação cadastral. Uma delas é a consulta online, que permite a pesquisa de até dez trabalhadores por vez por meio do site do governo federal. Para isso basta procurar por “Consulta Qualificação Cadastral” no portal Gov.br.

Consulta on-line de qualificação cadastral
Consulta online de qualificação cadastral

- PUBLICIDADE -

Já a outra é a consulta em lote, que é feita através do arquivo padronizado, conforme leiaute do sistema. Essa opção vale para consulta com grande quantidade de trabalhadores e precisa do uso do Certificado Digital para acesso.

Leia também

Descubra como sacar o FGTS rescisão pelo aplicativo

Saiba como pedir a antecipação do saque-aniversário do FGTS

Ademais, para a consulta é preciso informar os seguintes dados do funcionário:

  • Nome;
  • Data de nascimento;
  • Número do CPF;
  • NIS, PIS, Pasep ou NIT.

Como esse cadastro ajuda no pedido do seguro-desemprego?

O registro correto dos dados do trabalhador do eSocial é importante para o trabalhador dar entrada em variados benefícios. Ao passo que se houver divergências de informações na consulta de qualificação cadastral, tanto o empregador quanto o empregado podem ter problemas.

O cidadão pode, por exemplo, ter dificuldades ao dar entrada no seguro-desemprego, benefício devido em casos de demissão sem justa causa. Além disso, também podem surgir entraves na solicitação de benefícios previdenciários como aposentadoria e auxílio-doença. E também para saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Como corrigir erros?

Sendo assim, ao encontrar divergências ao realizar a consulta de qualificação cadastral é importante corrigir esses erros. Veja como proceder nas diferentes situações de erros no:

- PUBLICIDADE -

  • CPF: em caso de ocorrer divergências em relação ao cadastro da pessoa física, seja caracterizado como suspenso, cancelado ou nulo, é preciso regularizar a situação na Receita Federal. O pedido pode ser feito no site do órgão.
  • Nome no documento CPF: se o erro for em relação ao nome informado no cadastro do CPF, o trabalhador deve regularizar o dado em agência da Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil.
  • NIS: caso o Número de Identificação Social (NIS) esteja incorreto, a orientação para regularização será dada de acordo com o ente responsável pelo seu cadastro.
  • INSS: para informações incorretas no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) recomenda-se ligar na Central 135 ou acessar a plataforma Meu INSS para regularizar a situação.

 

Leia também:

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes