Como fazer a declaração do Imposto de Renda 2022? Passo a passo

Todas as despesas e ganhos precisam ser informadas ao Fisco por meio da declaração anual

O prazo para o envio da declaração do Imposto de Renda vai até às 2h59 do horário de Brasília do dia 31 de maio de 2022, terça-feira. Muitos contribuintes que precisam apresentar o documento ainda têm dúvidas sobre como fazer a declaração do Imposto de Renda 2022, podem seguir o passo a passo a seguir.

Declarar Imposto de Renda 2022 passo a passo

Os contribuintes que querem saber como fazer a declaração do Imposto de Renda 2022, devem primeiro reunir todos os documentos pessoais e de seus dependentes, além de informes de rendimentos de 2021 emitidos por empresas, bancos e corretoras de investimentos que demonstrem dados sobre os ganhos, gastos e bens como imóveis, carros, investimentos, herança, etc.

Passo 1 – Programa do IR 2022

O primeiro passo sobre como fazer a declaração do Imposto de Renda 2022 é escolher a forma de acessar o programa gerador do Imposto de Renda, que é referente ao ano-base 2021. Esse sistema está disponível para computadores e celulares.

A declaração pode ser preenchida de forma online, através do e-CAC sem precisar baixar ou instalar nenhum programa. Outra opção é através do aplicativo Meu Imposto de Renda ou site da Receita Federal, cujo acesso é feito pelo endereço www.gov.br/receitafederal.

Como fazer a declaração do Imposto de Renda 2022
Foto: Reprodução/Receita Federal

 

Neste caso, basta clicar na opção “Meu Imposto de Renda” e apertar no botão “baixar o programa do Imposto de Renda”. Feito isso, clique no “arquivo ZIP” do programa para abrir a tela inicial do programa.

Passo 2 Tipo de Declaração – Como fazer a declaração do Imposto de Renda 2022

Ao abrir o programa do IR 2022, o contribuinte terá três opções: fazer a declaração importando os dados de 2021 se todas as informações estiverem salvas no mesmo computador.

Como fazer a declaração do Imposto de Renda 2022
Foto: Reprodução/Receita Federal

Além disso, é possível iniciar declaração a partir de pré-preenchida que importará os dados de forma automática de acordo com as informações colhidas pelo governo. Outra forma é iniciar declaração em branco, para quem quer começar do zero. Neste caso, clique em ‘Iniciar Declaração em Branco’ para começar um novo documento.

Passo 3 – Identificação e rendimentos

Informe os dados pessoais solicitados pelo sistema na aba  ‘Identificação do Contribuinte’, como endereço e CPF, bem como, o número do título eleitoral e o número do recibo da declaração entregue no passado nesta etapa sobre como fazer a declaração do Imposto de Renda 2022.

Também é preciso registrar todas as informações das fontes pagadoras e instituições financeiras, além do que foi recebido em 2021. Isso deve ser informado na ficha “Rendimentos tributáveis recebidos de PJ pelo Titular”, por exemplo. Depois, complete as demais fichas, são elas:

Ficha dos dependentes;

Ficha dos alimentandos;

Ficha rendimentos do trabalho;

Ficha de rendimentos tributários recebidos de PF/Exterior;

ficha “Rendimentos Isentos e Não Tributáveis;

Rendimentos sujeitos à tributação exclusiva/definitiva;

Rendimentos tributáveis de PJ com exigibilidade suspensa;

Rendimentos recebidos acumuladamente;

Ficha Imposto pago ou retido na fonte;

Ficha Pagamentos efetuados;

Ficha Doações;

Ficha Bens e direitos;

Ficha Dívidas e ônus reais;

Ficha Espólio;

Ficha Doações a partidos políticos;

Ficha variável.

Passo 4 – Correção de Pendências

Após preencher todos os dados necessários nas abas das fichas, clique em “Verificar pendências”. Nessa etapa, o programa da Receita Federal permite que o contribuinte faça a revisão das informações.

Esse procedimento é necessário, pois evita que a declaração caia na malha fina. Se houver algum erro de digitação ou informação que esteja faltando, retorne para a aba e faça a correção.

Como fazer a declaração do Imposto de Renda 2022
Foto: Reprodução/Receita Federal

Passo 5 – Modelo simplificado ou completo

No menu que aparece do lado esquerdo da tela, escolha o tipo de declaração que pretende enviar. É possível optar pelo desconto simplificado de 20% que é a melhor opção para quem não tem muitas despesas para deduzir ou pelo modelo completo.

Este último é indicado para quem tem muitas despesas para deduzir, como gastos com plano de saúde, educação, ou possui dependentes. Se ficar em dúvida, basta conferir as informações que são disponibilizadas pelo programa que demonstrará qual o modelo cobra menos imposto e oferece maior valor de restituição.

Como fazer a declaração do Imposto de Renda 2022
Foto: Reprodução/Receita Federal

 

Passo 6 – Dados para restituição

Os contribuintes que possuem direito de receber restituição do Imposto de Renda, também devem informar os dados da conta bancária, registrado na reclamação o banco, a agência e conta corrente para que a Receita Federal faça o depósito quando a restituição for liberada. Isso acontecerá nas seguintes datas:

1º lote: 31 de maio
2º lote: 30 de junho
3º lote: 30 de julho
4º lote: 31 de agosto
5º lote: 30 de setembro

Por sua vez, quem tiver imposto a pagar deve conferir o valor que é disponibilizado ao fim do preenchimento da declaração. Neste caso, a emissão do documento de arrecadação permite o pagamento à vista ou parcelado em até 8 quotas.

Passo 7 – Envio da declaração

Após finalizar o preenchimento de todas as informações necessárias sobre como fazer a declaração do Imposto de Renda 2022e fazer a devidas correções, para finalizar a declaração do Imposto de Renda o último passo é clicar no botão “Entregar declaração”.

Como fazer a declaração do Imposto de Renda 2022
Foto: Reprodução/Receita Federal

Esse botão também fica no canto esquerdo inferior da tela do programa do IR 2022. Diante disso, a declaração será salva de forma automática e o deve guardar o número do recibo de entrega de Declaração de Imposto de Renda.

Quem deve declarar em 2022?

  • quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2021 (O Auxílio Emergencial é considerado rendimento tributátel);
  • contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado;
  • quem obteve, em qualquer mês de 2021, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
  • quem teve, em 2021, receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural;
  • quem tinha, até 31 de dezembro de 2021, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil;
  • quem passou para a condição de residente no Brasil em qualquer mês e se encontrava nessa condição até 31 de dezembro de 2021;
  • quem teve isenção de imposto sobre o ganho de capital na venda de imóveis residenciais, seguido de aquisição de outro imóvel residencial no prazo de 180 dias.

 

Saiba mais

Como ficou a tabela do Imposto de Renda para 2022?

Você pode gostar também
buy cialis online