Saiba até quando serão feitos os depósitos do FGTS emergencial

A caixa econômica federal vai liberar a última parcela, em crédito, do benefício até o final de setembro. Mas a liberação dos saques emergenciais vão até novembro.

0 147

A ultima parcela do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) emergencial será liberada, em crédito, neste mês. Desde junho a caixa econômica federal está pagando até um salário mínimo para trabalhadores que tinham saldo no FGTS. A medida foi incorporada por conta da crise econômica de 2020. Por isso, saiba até quando os depósitos serão feitos.

Como funciona o FGTS emergencial?

O FGTS emergencial foi criado pela medida Provisória nº 946, de 07/04/2020, a fim de de ajudar a frear as consequências da crise econômica, devido ao momento de calamidade publica. A medida, portanto, autoriza o saque emergencial do FGTS pelos trabalhadores que possuem conta vinculada, ativa ou inativa, com saldo. O limite de pagamento é de um salario mínimo (R$ 1.045,00), por trabalhador. Além disso, caso o trabalhador possua mais de uma conta, o limite continua o mesmo. Não é possível sacar mais de uma vez ou em mais de uma conta.

A CAIXA federal estima que a medida deverá beneficiar cerca de 60 milhões de trabalhadores, totalizando aproximadamente R$37,8 bilhões de reais.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Duas etapas

O recebimento do dinheiro acontece em duas etapas. Primeiramente, as pessoas têm acesso ao crédito de forma digital. Após esse crédito dos valores na poupança social digital, já será possível pagar boletos ou contas, ou utilizar o cartão de débito virtual e QR code para fazer compras, por exemplo, em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos, por meio do aplicativo CAIXA Tem. Então, em uma segunda data, é possível sacar ou transferir os valores para outras contas.

Como sacar o fgts emergencial?

O pagamento do Saque Emergencial FGTS será realizado exclusivamente por meio de crédito em Poupança Social Digital. Aberta automaticamente pela CAIXA em nome dos trabalhadores. Portanto, o crédito será realizado exclusivamente na Conta Poupança Social Digital CAIXA. Por isso, não é possível receber o crédito em nenhum outro banco.

Para fazer o saque em espécie, veja o passo a passo:

  1. Primeiramente, acesse o aplicativo Caixa Tem e selecione a opção “Saque sem cartão”;
  2. Clique em “Gerar código para saque”;
  3. Clique em “Gerar código”;
  4. Por fim, digite a senha do CAIXA Tem.

Então, com o código gerado, o trabalhador deve se dirigir a alguma agencia CAIXA, caixa eletrônico ou lotérica e pode sacar seu dinheiro. Entretanto, o código tem validade de apenas uma hora, caso ultrapasse o tempo, é preciso repetir o procedimento.

Para fazer transferência, a pessoa também deve acessar o aplicativo Caixa TEM:

  1. Antes de mais nada, no menu principal, clique na opção “Transferir dinheiro”;
  2. E, por fim, insira os dados da conta de destino;

Além disso, de acordo com a MP 946/2020, o saque pode ser feito até 31 de dezembro de 2020. Contudo, se a Poupança Social Digital não sofrer movimentação até o dia 30/11/2020, os valores retornarão à conta FGTS do trabalhador, devidamente corrigidos.

Foto mostra celular com o logo do FGTS
Imagem: reprodução

Canais de consulta

Os trabalhadores podem consultar o valor do Saque Emergencial FGTS e, portanto, a data em que o recurso será creditado na Poupança Social Digital por meio dos seguintes canais:

  • APP FGTS
  • Site fgts.caixa.gov.br.
  • Central Telefônica CAIXA 111, opção 2.
  • Internet Banking.

Qual o calendário do FGTS emergencial?

Confira, então, no calendário estipulado pela Caixa Federal, as datas estimadas para recebimento do crédito em conta e liberação dos saques do FGTS emergencial.

Mês de nascimento Crédito em conta Saque e/ou transferência
Janeiro 29 de junho 25 de julho
Fevereiro 06 de julho 08 de agosto
Março 13 de julho 22 de agosto
Abril 20 de julho 05 de setembro
Maio 27 de julho 19 de setembro
Junho 03 de agosto 03 de outubro
Julho 10 de agosto 17 de outubro
Agosto 24 de agosto 17 de outubro
Setembro 31 de agosto 31 de outubro
Outubro 08 de setembro 31 de outubro
Novembro 14 de setembro 14 de novembro
Dezembro 21 de setembro 14 de novembro

Fonte: Caixa Econômica Federal

O pagamento do FGTS emergencial vai até o dia 21 de setembro, mas a liberação para saques e transferências ocorre até o dia 14 de novembro deste ano. Por isso, o governo ainda precisa depositar os recursos dos nascidos de outubro a dezembro.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes