Aprenda a declarar venda de veículo no Imposto de Renda 2021

Para declarar venda de veículo no Imposto de Renda, é preciso acessar a ficha relacionada aos bens e direitos do contribuinte e seus dependentes.

Entre os itens que devem ser declarados no Imposto de Renda 2021, está a posse de carro ou outro veículo. Ao passo que, o contribuinte que vendeu seu carro no ano passado também deve informar a operação na declaração. Em destaque, se a venda gerar lucro ao cidadão. Para declarar venda de veículo no Imposto de Renda, é preciso acessar a ficha relacionada aos bens e direitos do contribuinte e seus dependentes.

Os cidadãos que obtiveram rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2020 são obrigados a fazer a declaração. O prazo para entrega começou em 1º de março e finaliza em 30 de abril. Bem como, o programa gerador para declarar pode ser baixado no site da Receita Federal.

Onde declarar a venda de carro no IR?

O cidadão que vai fazer a declaração do Imposto de Renda e vendeu o veículo no ano passado, deve indicar essa operação na ficha “Bens e Direitos”. Nesta aba, o contribuinte vai informar todo seu patrimônio e o de seus dependentes.

Além disso, para quem obteve ganhos com a venda, é preciso usar o programa Ganhos de Capital (GCAP), da Receita Federal.

Como declarar venda de veículo no Imposto de Renda?

Para declarar venda de veículo no Imposto de Renda, o cidadão deve primeiro acessar a ficha “Bens e Direitos”. No campo, se deve indicar os dados do veículo, como: marca, modelo, ano de fabricação e a placa. Assim como a data da venda e o município em que ela ocorreu. Essa orientação também vale para o caso de o carro ser usado como entrada na compra de outro.

Neste mesmo campo, é preciso inserir também as informações acerca do comprador. Como o nome completo, CPF ou CNPJ. Além de indicar se a operação foi realizada com pagamento à vista ou parcelado.

Em seguida, o campo “Situação em 31/12/2020” deve ser deixado em branco, afinal ocorreu a venda do veículo. Já o espaço de “Situação em 31/12/2019” deve ser preenchido com o custo da compra do veículo, desse modo, pode-se deixar o valor indicado na declaração anterior.

Para finalizar e salvar os dados, o contribuinte deve apertar em “Ok”.

Ademais, no caso da venda gerar lucros, como ocorre nas vendas de veículos antigos e raros, o contribuinte deve indicar o seu ganho através do programa GCAP, que pode ser baixado no site da Receita Federal.

Leia também

Rendimentos isentos do IR: quais são e como informá-los na…

IR2021: Leão tem um olho grande sobre o que você recebeu em…

Desse modo, as informações colocadas no GCAP devem ser exportadas para o programa gerador do Imposto de Renda. Para isso, basta clicar em “Importação do GCap” na ficha “Ganhos de Capital”.

Como ocorre a tributação?

Para quem declarar venda de veículo no Imposto de Renda, a tributação só ocorrerá para operações com total acima de R$ 35 mil. Sendo assim, vendas abaixo desse valor estão isentas do imposto.

Veja o percentual de tributação para vendas de carro acima de R$ 35 mil:

  • 15% sobre os ganhos de até R$ 5 milhões
  • 17,5% sobre os ganhos entre R$ 5 milhões e abaixo de R$ 10 milhões
  • 20% sobre os ganhos acima de R$ 10 milhões e abaixo de R$ 30 milhões
  • 22,5% sobre os ganhos acima de R$ 30 milhões

O recolhimento do imposto de renda nesses casos é realizado através do pagamento de Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf), que é emitido pelo programa GCAP. Para isso, se deve usar o código 4600.

Nota-se também que, a tributação sobre o ganho de capital deve ser verificada no mês seguinte à venda do carro ou moto.

Por fim, as vendas menores que R$ 35 mil que tenham gerado lucro, devem ser descritas na “Rendimentos Isentos e Não Tributáveis”.

 

Leia também:

Imposto de Renda 2021: guia para tirar as principais dúvidas

Programa IRPF 2021: saiba como baixar e fazer a declaração

4 dicas para quem vai declarar o IR pela primeira vez

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes