Receita abre consulta de lote residual de restituições; veja como fazer

Ao todo, 202.388 contribuintes devem receber R$ 354 milhões em 30 de dezembro. A consulta deve ser feita no no Portal e-CAC

Nesta terça-feira (22), estão abertas desde as 10 horas as consultas para o lote residual de restituições do Imposto de Renda de Pessoa Física do mês de dezembro. Trata-se dos contribuintes que caíram na malha fina e regularizaram as suas pendências. Ao todo, 202.388 contribuintes receberão R$ 354 milhões em 30 de dezembro, de acordo com a Receita.

Do valor, R$ 135,76 milhões referem-se a contribuintes com prioridade no recebimento dos valores. Ou seja, idosos acima de 80 anos, contribuintes entre 60 e 79 anos, pessoas com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e aqueles cuja maior fonte de renda seja o magistério.

 

Como consultar o lote residual das restituições?

Para saber se está no lote residual dos pagamentos das restituições, o contribuinte deve acessar a página da Receita Federal na Internet. Além disso, na consulta à página da Receita, no Portal e-CAC, é possível acessar o conferir ainda se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, então, deverá requerê-la de duas formas. Uma por meio da Internet ou diretamente no Portal e-CAC, no serviço ‘Meu Imposto de Renda’.

 

O que é a restituição do imposto de renda?

restituição do imposto de renda trata da devolução da diferença do imposto pago a mais. O próprio programa da Receita Federal chega a constatação durante o preenchimento da declaração. Assim, os lotes residuais ficam disponíveis aos contribuintes que ainda não receberam suas restituições nos prazos normais. Anualmente, todo mês é liberado um lote de restituição, entre junho e dezembro, que se refere ao ano do exercício da entrega da declaração de imposto de renda.

Para aqueles que não pediram para receber o crédito da restituição em conta-corrente, devem entrar em contato com agências do Banco do Brasil para agendar o crédito em qualquer conta bancária em seu nome.

 

Estou na Malha Fina?

Para saber se você está na malha fina, a revisão sistemática das declarações, você pode acessar o extrato do Imposto de Renda no e-CAC (Centro Virtual de Atendimento), site da Receita Federal. Então, basta ter o código de acesso gerado na página da Receita ou o certificado digital emitido por autoridade habilitada. Assim, você deve verificar as inconsistências da declaração. Portanto, após resolver a situação, o contribuinte sai da malha fina.

 

Leia também:

Seu nome está na malha fina? Saiba como resolver

Confira passo a passo de como calcular o imposto de renda mensal

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.