Tabela do Imposto de Renda 2021: saiba qual alíquota usar

Ao visualizar a tabela do Imposto de Renda 2021, o contribuinte deve ter em mente o total de rendimentos tributáveis que teve no ano passado.

O prazo para a declaração do IR está se aproximando e quem tem a obrigação de fazer esse procedimento já pode separar os documentos e dados necessários. Além disso, também é válido consultar a tabela do Imposto de Renda 2021 para verificar a alíquota e parcela a deduzir, de acordo com os rendimentos obtidos no ano passado. Quem teve ganhos de até R$ 22.847,77, está isento da declaração. Ao passo que, as alíquotas para as pessoas que precisar declarar variam de 7,5% à 27,5%. Bem como, as parcelas a deduzir variam de R$ 1.713,58 a R$ 10.432,32.

Quando inicia a declaração de Imposto de Renda 2021?

O calendário da declaração do Imposto de Renda de 2021 ainda não foi divulgado. Mas normalmente, o prazo se inicia no dia 1º de março e finaliza em 30 de abril. No ano passado, o período foi estendido devido a pandemia da Covid-19.

Ademais, mesmo antes da abertura do prazo, se recomenda separar os documentos necessários para fazer a declaração. De modo a conseguir enviar logo nos primeiros dias, para obter mais chances de receber a restituição logo nos primeiros lotes.

Alíquotas e parcelas a deduzir da tabela do Imposto de Renda 2021

Ao visualizar a tabela do Imposto de Renda 2021, o contribuinte deve ter em mente o total de rendimentos tributáveis que teve no ano passado. Esse valor equivale a base de cálculo do IR, e diz respeito aos rendimentos em que esse imposto incide, como salários, aluguéis recebidos e pensões.

Sendo assim, depois de identificar sua faixa de rendimentos na tabela, o cidadão poderá verificar a alíquota para o cálculo do valor do seu IR. Ela representa a porcentagem que se deverá pagar de imposto de acordo com a renda, sem levar em consideração a parcela a deduzir.

Nesse sentido, a parcela a deduzir equivale ao valor que será descontado do IR, a partir da faixa de isenção.

Nota-se também que, quanto maior o rendimento maior a alíquota e o desconto, afinal a tabela funciona de forma progressiva. Confira a tabela:

  • Rendimentos de até R$ 22.847,77 no ano: contribuinte isento da declaração
  • Rendimentos de R$ 22.847,77 até R$ 33.919,80: alíquota de 7,5% e parcela a deduzir de R$ 1.713,58
  • Rendimentos de R$ 33.919,81 até R$ 45.012,60: alíquota de 15% e parcela a deduzir de R$ 4.257,57
  • Rendimentos de R$ 45.012,61 até R$ 55.976,16: alíquota de 22,5% e parcela a deduzir de R$ 7.633,51
  • Rendimentos acima de R$ 55.976,16: alíquota de 27,5% e parcela a deduzir de R$ 10.432,32

A saber, a tabela do Imposto de Renda 2021 não sofre correções desde o ano de 2015.

Como fazer a declaração?

Para fazer a declaração do imposto, usando a tabela do Imposto de Renda 2021, o primeiro passo é baixar o programa da Receita Federal, que está disponível para Windows, Linux, IOs e Solaris.

Depois disso, quem fez a declaração no ano passado conseguirá importar os dados registrados para efetuar a nova declaração em 2021. Ademais, será preciso informar os dados pessoais pedidos. Bem como, informar os rendimentos obtidos no ano passado.

Na parte de Bens e Direitos, é necessário digitar o valor de aplicações financeiras, saldo em conta corrente e bens. Já na seção de Pagamentos Efetuados, o cidadão precisa inserir dados com despesas que podem ser deduzidas e comprovadas, como os gastos relacionados à saúde e educação.

Também será necessário escolher entre declaração completa e simplificada, de modo que o sistema sugere a melhor opção. Outro passo, é informar uma conta corrente para o caso de ter direito à restituição do tributo. Por fim, a pessoa deve enviar a declaração a Receita Federal.

 

Leia também:

Como declarar os rendimentos isentos no Imposto de Renda?

IRPF 2021: veja como funciona o cálculo do Imposto de Renda

IRPF: como consultar a restituição do Imposto de Renda?

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.