Aposentadoria do professor 2021: confira as regras atualizadas

Para calcular a aposentadoria do professor em 2021 é necessário usar como base a média salarial de todos os salários de contribuição.

Para conseguir a aposentadoria do professor em 2021 é preciso se atentar às regras de transição da categoria. A reforma da Previdência, que entrou em vigor em 2019, conta com três regras voltadas para os profissionais da educação, tanto da rede privada quanto da rede pública. As quais atendem principalmente aqueles que já estavam próximos de se aposentar quando a reforma teve início.

Entre os documentos necessários para apresentar no pedido do benefício estão a carteira de trabalho, carnês de contribuição e outros comprovantes de pagamento ao INSS. Além do documento de identificação com foto e o número do CPF.

Regras de transição da aposentadoria de professores em 2021

Então, veja quais são as regras de transição para a aposentadoria do professor e as mudanças para o ano de 2021. Nota-se que umas das regras, a da idade mínima, vale apenas para professores da rede privada de ensino.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

  • Pedágio de 100%

Na regra de transição do pedágio de 100% o professor da rede pública ou particular deve trabalhar o dobro do que faltava para completar os anos de contribuição das regras antigas. Então, de 30 anos para homens e 25 anos para mulheres.

Por exemplo, caso uma professora tenha 24 anos de profissão, deverá trabalhar por mais dois anos, ao invés de um ano como ocorreria na antiga Previdência. Sendo assim, ao cumprir essa regra as mulheres podem se aposentar com 51 anos de idade e os homens, com 55.

  • Sistema de pontos

Outra regra de transição para a aposentadoria de professores em 2021 é o sistema de pontos. Nesta modalidade, os trabalhadores podem se aposentar ao chegar a uma determinada pontuação que equivale a soma da idade e do tempo de contribuição.

Neste ano, os homens devem chegar aos 93 pontos e as mulheres, em 82. A cada ano se acrescenta um ponto, até alcançar o total de 100 pontos para eles e 92 pontos para elas. Em 2028 e 2030, respectivamente.

Ademais, para se aposentar por essa regra também é necessário atingir o tempo mínimo de contribuição.

  • Idade mínima

Já a regra de transição da idade mínima vale somente para os professores da rede particular. Nesta norma, quem os profissionais que já tiveram recolhimentos por 30 anos, no caso dos homens, e por 25 anos, no caso das mulheres, podem conseguir o benefício pela idade.

Neste ano, os educadores precisam ter ao menos 56 anos e seis meses de idade. Ao passo que as educadoras devem ter 51 anos e seis meses de idade. Nota-se que anualmente se acrescenta seis meses, até chegar aos 60 anos para homens e 57 anos para mulheres.

Como calcular o benefício?

Para calcular a aposentadoria do professor em 2021 é necessário usar como base a média salarial de todos os salários de contribuição a partir de julho de 1994.

No caso dos professores da rede pública, o valor do benefício será de 60% do resultado dessa média salarial. Soma-se mais 2% para cada ano de exceder os 20 anos de contribuição.

Para os professores homens da rede privada o cálculo é o mesmo. Já para as mulheres da rede privada, a aposentadoria será igual a 60% da média salarial, somando 2% a cada ano que passar os 15 anos de recolhimentos.

Como ficou a aposentadoria do professor após a reforma da Previdência?

A partir da reforma da Previdência, se estabeleceu a idade mínima para a aposentadoria dos professores. Homens precisam ter ao menos 60 anos de idade para conseguir o benefício e mulheres, 57. Ambos com o mínimo de 25 anos de contribuição.

Os novos critérios valem para professores do ensino infantil, fundamental e médio, da rede particular ou da rede pública federal. Além disso, os professores de escolas federais precisam comprovar 10 anos de serviço público e anos no cargo em que vão se aposentar.

Por fim, essas regras valem para quem passou a contribuir para a previdência após a reforma entrar em vigor.

 

Leia também:

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes