Quem poderá se aposentar pelo INSS com o teto de R$ 6.351 em 2021?

Considerando a regra geral da reforma da Previdência, seria necessário conseguir 112% da média teto atual para conseguir se aposentar com valor perto do teto de 2021

Com o reajuste do salário mínimo em 2021, que subirá de R$ 1.045 para R$ 1.087,85 segundo as projeções para a inflação, o teto dos benefícios do INSS pode chegar a R$ 6.351,20. A projeção do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) será de 4,10% para o ano que vem. A estimativa é da Secretaria de Política Econômica, do Ministério da Economia. Contudo, para se aposentar com o teto do INSS seria necessário mais de 40 anos de trabalho.

Os benefícios do INSS sofrem correção pelo INPC, assim o piso e o teto dos benefícios recebem reajuste. Entretanto, se aposentar com o teto do INSS só está disponível para os trabalhadores que fizeram a maior parte dos seus recolhimentos pelo maior valor. Além disso, devem cumprir com os requisitos de idade e tempo de contribuição elevados o suficiente para garantir mais de 100% da média salarial.

 

Quem pode se aposentar com o teto de benefícios do INSS?

O valor do recebimento de benefícios do INSS tem referência a alíquota de contribuição. Ou seja, quanto maior a porcentagem de contribuição sobre o salário do trabalhador, maior é o valor previdenciário. Contudo, o teto de benefícios do INSS é o valor máximo que um trabalhador pode receber como direito previdenciário ou assistencial, como os auxílios. No caso da aposentadoria, só recebe o teto quem contribuiu com a alíquota de 14% sobre o salário por 35 anos, no caso das mulheres, e 40 anos para os homens.

Entretanto, para chegar ao valor de R$ 6.351, a regra geral de cálculo de aposentadorias que está em vigor requer tempo total de contribuição de 42 anos para mulheres e 47 para homens, segundo o Agora São Paulo.

Assim, segundo cálculos da Consultoria Atuarial e do Ieprev (Instituto de Estudos Previdenciários), aquele que sempre recolheu sobre o teto e tem o direito de se aposentar com benefício integral em novembro de 2020 ganha R$ 5.628,25. Considerando a regra geral da reforma da Previdência, seria necessário conseguir 112% da média teto atual para chegar ao benefício de R$ 6.303,64, perto do teto de 2021.

 

Leia também:

INSS reduz revisão de vida inteira para aposentados; veja o motivo

Como tirar o extrato do INSS pela internet? Aprenda passo a passo

Fonte Agora São Paulo
Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.