Aprenda a calcular a aposentadoria com o Simulador do INSS em 4 passos

‘Simulação de aposentadoria’ permite o segurado de verificar o tempo que falta para a sua aposentadoria e o valor para quem está próximo de receber o benefício

Como calcular a aposentadoria do INSS pode ter se tornado mais complicado com a Reforma da Previdência e as novas regras estabelecidas. Afinal, para quem está próximo de se apresentar, entender as regras de transição pode ser um pouco complicado.

Muitos não sabem o valor do benefício ou quando irão receber. Entretanto, é possível realizar o cálculo virtual através do próprio Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Com a calculadora do INSS, é possível verificar o tempo que falta para a aposentadoria e o valor do benefício, caso já tenha o direito. Assim, são sete tipos de cálculos disponíveis, com cinco referentes à aposentadoria por tempo de contribuição e outros dois relacionados à aposentadoria por idade. Igualmente, o serviço de Simular Aposentadoria já se adequa às mudanças da Nova Previdência. Veja os tipos de cálculos de aposentadoria:

  • Idade;
  • Tempo de contribuição;
  • Idade progressiva;
  • Transição por idade;
  • Sistema de pontos;
  • Pedágio 50%;
  • Pedágio 100%.

 

Como funciona o “Simulador de Aposentadoria”?

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Com o cálculo já atualizado, o simulador leva em conta as regras de transição para segurador que já estavam na Previdência antes da transição e simula se havia direito adquirido. Dessa maneira, o cálculo considera os atuais valores que estão registrados na base de dados do INSS.

Segundo o INSS, o valor do benefício é calculado para os segurados que estão a menos de cinco anos de se aposentar ou já adquiriram o direito de fazer o pedido. Portanto, o cálculo considera os valores atuais, que estão na base de dados do INSS.

Através do simulador, o segurado tem acesso aos cálculos. Então, colocando seus dados, será mostrado os créditos e o valor do benefício. Mas se o solicitante ainda não possuir todos os requisitos, poderá gerar um arquivo que possui todos os detalhes e regras da simulação para acompanhar.

Todavia, por tratar-se de uma simulação, todas as informações devem ser verificadas e o INSS poderá solicitar documentos que comprovem todas as informações. Assim, o cálculo e seus resultados não tem validade legal para garantir a aposentadoria. O INSS deve fazer uma análise para comprovar o direito do segurado.

 

Como calcular a aposentadoria pelo “Meu INSS”?

Imagem: reprodução / Meu INSS
  1. Entre no site Meu INSS ou aplicativo. Clique em “Entrar”, caso tenha cadastro, ou “Cadastrar senha” e siga as instruções;
  2. Digite seu CPF e clique em “Avançar”;
  3. Digite sua senha e vá em “Entrar”;
  4. Na página inicial, escolha “Simular aposentadoria”.

A página seguinte, então, mostrará a simulação com os valores e regras que o segurado se encaixa. O simulador possui dois blocos. O primeiro mostrará o valor se o segurado tinha o direito de se aposentar antes da reforma, e o segundo, os valores de aposentadoria de acordo com as novas regras.

Além da calculadora do INSS, o portal permite que o segurado solicite aposentadoria, pensões, benefícios assistenciais, atualizar dados cadastrais e bloquear empréstimos consignados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes