Revisão de benefício do INSS: conheça as novas regras e como solicitar

É possível solicitar pela internet e o segurado tem a opção de anexar ou não novos documentos.

A pessoa que perceber que sua aposentadoria ou auxílio está com algum erro pode solicitar a revisão de benefício do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O serviço permite avaliar o valor do benefício e o tempo de contribuição calculado, por exemplo, podendo resultar no aumento do pagamento mensal. É possível solicitar pela internet e o segurado tem a opção de anexar ou não novos documentos.

O que é a revisão de benefício do INSS?

A revisão de benefício é um serviço que segurados do INSS podem usar para conseguir o aumento do valor recebido mensalmente, mas não é algo garantido. Na prática, ocorre uma nova análise acerca do benefício que a pessoa recebe.

Esse tipo de solicitação é indicada nos casos de nova análise do valor do benefício ou do tempo de contribuição considerado, alterações em relação a dependentes e apresentação de novos documentos.

Sendo assim, podem usar esse serviço todas as pessoas que recebem benefício do INSS. O pedido pode ser feito de modo virtual, sem a necessidade de ir até uma unidade do órgão. O cidadão deve acessar o site ou aplicativo Meu INSS, que reúne os serviços digitais da autarquia e permite a solicitação de diferentes benefícios e serviços.

Como funciona?

O segurado que perceber algum erro na concessão de seu benefício pode solicitar a revisão. Isso deve ser feito, por exemplo, nos casos em que se identificar que o INSS não contabilizou o tempo de contribuição total, o que acaba por diminuir o valor do pagamento de aposentadoria.

Além disso, também é possível pedir a revisão a partir de novas leis e entendimentos que vieram após a concessão do benefício. É o caso da revisão da vida toda, que foi definida pela Justiça em 2019 e permite que o cidadão inclua as contribuições feitas antes de julho de 1994 no cálculo de seu benefício previdenciário. Nesse caso, a revisão deve ser pedida por meio de ação judicial.

Os beneficiários têm até dez anos para pedir a revisão, o prazo começa a contar a partir do mês seguinte ao primeiro pagamento recebido e vale para os pedidos feitos no INSS e na Justiça.

Vale ter em mente também que nem sempre o resultado de uma revisão de benefício será o aumento do pagamento recebido pelo INSS. Isso porque o INSS pode ter a definição de que o segurado não tem direito a um aumento a partir da análise das documentações. Em alguns casos, o processo pode ocasionar até na diminuição do valor do benefício se for verificado algum erro. Então, é preciso analisar bem a situação e os documentos antes de pedir uma revisão.

Como pedir revisão de benefício do INSS?

É possível pedir a revisão de benefício no próprio INSS e também na Justiça. Para fazer a solicitação na autarquia, o cidadão deve acessar o site ou aplicativo Meu INSS. Feito isso, o usuário precisa fazer login com CPF e senha, em caso de primeiro acesso é necessário efetuar um cadastro.

Já na tela inicial, o segurado deve clicar em “Agendamentos/Solicitações” e em seguida em “Novo requerimento”. Na tela seguinte aparecerão uma série de serviços disponíveis, a orientação é clicar na opção de “Recurso e Revisão” e depois em “Revisão”.

revisao.png
Site Meu INSS

Depois disso, o usuário deverá atualizar seus dados de contato para conseguir prosseguir com o atendimento. Na tela seguinte, o sistema do INSS vai indicar o seguinte aviso: “Ao protocolar o pedido de revisão todo o benefício será revisto, podendo resultar em diminuição ou até mesmo perda do direito. Ao avançar, você está ciente e de acordo com essas condições”. Para continuar, basta clicar em “Avançar”.

Em seguida, aparecerão algumas informações acerca do serviço de revisão de benefício do INSS. Entre outras explicações, está que o procedimento é destinado a quem não concorda com alguns itens da concessão de seu benefício. Como pode ser o caso do salário de contribuição ou vínculos de emprego não foram utilizados no cálculo.

rev.png
Site Meu INSS

Na próxima etapa da solicitação, o segurado terá que responder algumas perguntas sobre o benefício. Terá que informar, por exemplo, se o valor do benefício está correto e se o tempo de contribuição calculado está certo. Bem como deve indicar se deseja incluir novos documentos e dependentes.

revi.png
Site Meu INSS

Além disso, na mesma tela o segurado pode anexar documentos que considera úteis para a revisão. Como uma carta indicando os motivos da revisão, documentos de identificação e documentações que comprovem as contribuições previdenciárias realizadas. Para concluir o pedido basta preencher todos os campos indicados e clicar em “Avançar”.

Como saber o resultado?

Para conferir o resultado do pedido de revisão, o segurado deve acessar novamente o site ou aplicativo do Meu INSS. O andamento da solicitação pode ser visto na opção “Agendamentos/Solicitações”. Ao entrar nesta seção, basta clicar no ícone de lupa ao lado do processo em questão. A partir disso, será possível saber se a revisão foi negada, aprovada ou ainda está em análise.

 

Leia também:

 

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes