Veja como ficam os benefícios do INSS em 2021

Se o salário mínimo de 2021 for de 1.087,85, o teto do INSS deve passar dos atuais R$ 6.101,06 para R$ 6.351,20.

Com o aumento da projeção de inflação de 2020, o salário mínimo para próximo ano deve acompanhar essa subida. E com isso, o valor dos benefícios do INSS em 2021 também sofre alterações. Se a estimativa atual se confirmar o teto do Instituto Nacional do Seguro Social pode chegar a R$ 6.351,20.

Ontem (17) a Secretaria de Política Econômica (SPE), ligada ao Ministério da Economia, informou que revisou os resultados do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). Passando a estimativa de inflação de 2,35% para 4,10%.

Nota-se que o INPC serve de base para o reajuste do salário mínimo, que deve ser modificado a cada ano de modo que o trabalhador mantenha o poder de compra. Esse indicador, medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), indica as variações da cesta de produtos e serviços da população assalariada que tem renda mais baixa. Desse modo, a pesquisa abrange as famílias com rendimentos de 1 a 5 salários mínimos.

Caso esse aumento da inflação se confirme, o salário mínimo em 2021 deve ser R$ 1.087,85. Uma alta de R$ 42,81 em relação ao salário mínimo atual, de R$ 1045. Em agosto, o governo havia proposto o salário mínimo para R$ 1.067, conforme o INPC previsto no período.

Benefícios do INSS em 2021

Se o salário mínimo de 2021 for de 1.087,85, o teto do INSS deve passar dos atuais R$ 6.101,06 para R$ 6.351,20. Além disso, o calendário de pagamentos do INSS também usa como referência o salário mínimo. Primeiro recebem os segurados que ganham esse valor, e depois os que têm pagamentos acima de um salário mínimo.

Com o reajuste, há o aumento automático de benefícios do INSS em 2021, seja assistenciais ou previdenciários, como o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e as aposentadorias.

Ao passo que, o valor das contribuições também podem subir. Por exemplo, no plano simplificado os contribuintes individuais recolhem 11% do salário mínimo. Atualmente isso resulta em R$ 114,95 por mês. No próximo ano o valor pode ficar em R$ 119,66 ao mês.

 

Leia também:

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.