MEI: Saiba o que muda com o novo Portal do Empreendedor

A atualização do site do MEI tem o objetivo de melhorar acesso aos serviços digitais.

Desde o início do mês, os microempreendedores individuais (MEIs) contam com um novo site do Portal do Empreendedor. Que se trata do canal oficial do grupo e disponibiliza variados serviços online. A atualização da página inicial tem o objetivo de facilitar o acesso a esses serviços, como é o caso da abertura de um MEI e de solicitação de empréstimos.

As mudanças foram realizadas com apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). E levaram em consideração as informações mais acessadas do portal.

Como informou a Agência Sebrae de Notícias, o Coordenador-Geral de Empreendedorismo e Artesanato do Ministério da Economia, Fábio Silva, disse que: “As mudanças estão alinhadas à estratégia digital do governo federal voltada ao MEI. Nossa prioridade é trazer a informação de maneira simples e direta, permitindo ainda mais agilidade ao empreendedor que precisa se formalizar”.

Novo endereço do Portal do Empreendedor

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Os novos endereços do Portal do Empreendedor são: gov.br/empreendedor ou gov.br/mei. Anteriormente o acesso era feito por meio do link: www.portaldoempreendedor.gov.br. Nota-se que até o dia 31 de dezembro, quem acessar pelo site antigo será redirecionado ao portal atualizado.

Nesse sentido, o Portal do Empreendedor foi integrado ao projeto do Portal gov.br, que unifica os canais digitais do governo federal. Para acessar as informações do MEI diretamente neste portal é necessário ir até a seção Empreendedor do item “Empresas & Negócios”.

Serviços do novo site do MEI

Página inicial do Portal do Empreendedor
Página inicial do Portal do Empreendedor

Ao entrar no novo site do MEI, o Portal do Empreendedor, o empresário se depara com três seções em destaque. A primeira delas é a “Quero ser MEI”, na qual o cidadão pode efetuar o processo de formalização e obter informações sobre o que é ser MEI.

Em seguida, há a seção “Já sou MEI”. Nela é possível gerar boleto de pagamento da contribuição mensal e realizar a declaração anual de faturamento. Bem como, solicitar dispensa de alvará e licença e fazer a baixa do MEI, entre outros.

Por fim, a área de “Crédito” tem acesso a informações sobre linhas de crédito para a categoria. Como é o caso do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), Programa de Simplificação do Acesso a Produtos e Serviços Financeiros para os Pequenos Negócios(CREDMEI – CREDMPE) e Crédito Capital de Giro PEAC Maquininhas.

 

Leia também:

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes