Pandemia derruba lucro dos bancos no primeiro semestre do ano

Segundo o Banco Central, o lucro dos bancos caiu 31,9% nos seis primeiros meses de 2020, podendo chegar a queda ainda maior até o fim do ano

O setor bancário também foi impactado pela pandemia de covid-19. Dados do Banco Central divulgados nesta quinta-feira, dia 15, mostram que o lucro dos bancos caiu 31,9% no primeiro semestre deste ano em relação ao ano passado.

O que houve?

Segundo a autoridade monetária, o principal motivo para a queda no lucro dos bancos se deu pela necessidade do sistema financeiro aumentar o nível de provisionamento devido a perdas com crédito por causa da pandemia.

O provisionamento é o valor financeiro que o banco deve deixar no caixa para assegurar as operações de crédito. Isso mostra que a pandemia afetou as famílias, que procuraram os bancos para pausar, renegociar, aumentar prazo ou reduzir parcelas de empréstimos, por exemplo.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O relatório do Banco Central mostra que nos primeiros seis meses do ano, os bancos lucraram R$ 40,8 bilhões, sendo R$ 22,4 bi no primeiro trimestre e R$ 18,4 bi no segundo.

Mesmo com a cifra bilionária, o Banco Central projeta que a queda de lucro dos bancos deva chegar ao patamar entre 30% e 35% até o final do ano. Sendo assim, 2020 deve registrar lucro de R$ 85 bilhões para as instituições financeiras.

O estudo do Banco Central ainda mostra preocupação com o encerramento do auxílio-emergencial fornecido pelo governo. A medida acaba no fim do ano. Isso, segundo os bancos, pode ter apenas empurrado o aumento da inadimplência.

Na pior das situações, o BC espera que a inadimplência fique em torno de 4% no primeiro trimestre de 2021. Ainda assim, os calotes ficariam abaixo do pico de maio de 2017, quando o índice alcançou 4,04%.

O Banco Central ainda fez uma simulação sobre os efeitos do covid-19 na economia e no sistema financeiro. Antes, o teste apontou que, no pior cenário, os bancos levariam três anos para recompor os níveis anteriores à crise.

Agora, no documento atual, houve melhora de 50% no cenário, mas não foi especificado quanto tempo seria necessário para a retomada.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes