Saiba quais são as 5 marcas mais valiosas do mundo em 2020

Não é muito difícil pensar no nome de uma empresa que domina o mundo. Apple, Microsoft e Amazon são algumas das marcas mais valiosas que sempre estão nos noticiários ou na boca das pessoas.

Não é muito difícil pensar no nome de uma empresa que domina o mundo. Apple, Microsoft e Amazon são algumas das marcas mais valiosas que sempre estão nos noticiários ou na boca das pessoas. Um dos principais indicadores desse sucesso é uma lista anual divulgada pela cultuada revista Forbes. 

A lista deste ano já foi publicada e ela apresenta um Top 5 inalterado em relação ao ano passado. Outro fato interessante é que todos os principais nomes continuam sendo do ramo de tecnologia.

Confira abaixo quais são as cinco marcas mais valiosas deste ano e quais critérios a Forbes utilizou para compilar a lista:

Apple – a marca mais valiosa

Logo da apple, marca mais valiosa segundo a forbes
Segundo a revista forbes, a apple é a marca mais valiosa. Fonte: apple

Com um valor avaliado em US$ 241,2 bilhões, a Apple conseguiu manter-se na primeira colocação da lista de marcas mais valiosas. Segundo a companhia, o aumento de seu lucro no primeiro trimestre veio como resultado de “forte demanda” pelos aparelhos Iphone 11 e Iphone 11 Pro. Outro fator positivo foi a quebra de recordes na divisão de Serviços e Usáveis. Desde o ano passado, o valor da marca aumentou 17%. 

Valor líquido: US$ 241,2 bilhões | Variação do valor em um ano: 17% | Receita: US$ 260,2 bilhões

Google – Marcas mais valiosas

Logo da marca google
Controlada pela empresa aphabet, a google é avaliada em us$207,5 bilhões. Fonte: google

Controlada pela empresa Alphabet, a ferramenta de buscas online apresentou um aumento de 24% em relação ao ano passado. Apesar ser avaliada em US$207,5 bilhões, a marca preocupa-se com o cenário dos próximos meses. Segundo a empresa detentora do Google, o segmento da publicidade é o que mais já sentiu os impactos causados pela pandemia do coronavírus. Durante o primeiro trimestre, a Alphabet faturou US$ 41,2 bilhões, mas esse é um resultado considerado fraco pela empresa que possui sua principal marca em segundo lugar na lista da Forbes.

Valor líquido: US$ 207,5 bilhões | Variação do valor em um ano: 24% | Receita: US$ 145,6 bilhões

Microsoft

Logo da microsoft
Além de ser uma das marcas mais valiosas, a microsoft é uma das empresas mais protegidas contra crises. Fonte: microsoft

A Microsoft está em terceiro lugar na lista. Ela tem um valor avaliado pela Forbes em US$ 162,9 bilhões e é considerada a marca mais protegida contra crises (pelo fato de diversificar seu negócio em três divisões). Durante o primeiro trimestre deste ano, a empresa registrou US$ 10,75 bilhões em lucro líquido e foi pouco afetada pela pandemia. Segundo documento enviado aos acionistas, a alta no seu lucro líquido foi puxada pelo aumento no seu setor de produtos para escritório e nuvem.  

Valor líquido: US$ 162,9 bilhões | Variação do valor em um ano: 30% | Receita: US$ 125,8 bilhões

Amazon

Logo da amazon. Uma das marcas mais valiosas
Inesperadamente, a amazon teve seus lucros incentivados pela pandemia. Fonte: amazon

Avaliada em US$ 134,5 bilhões, a empresa criada por Jeff Bezos teve seus resultados incentivados pelas tendências do consumidor durante a pandemia. Com o intuito de encontrar alternativas para o fechamento do comércio presencial, muitas pessoas optaram pela Amazon na hora de efetuar suas compras online. Mesmo com um gasto exuberante de US$ 4 bilhões no segundo trimestre, os resultados inesperadamente superaram as expectativas.

Sobre seus lucros, o criador da Amazon disse: Este foi outro trimestre altamente incomum, e eu não poderia estar mais orgulhoso e agradecido aos nossos funcionários em todo o mundo”

Valor líquido: US$ 134,5 bilhões | Variação do valor em um ano: 40% | Receita: US$ 260,5 bilhões

Facebook

Logo da empresa facebook, que perdeu o maior valor entre as listas da forbes de 2019 e 2020
Segundo o levantamento da forbes, a marca facebook ainda é uma das mais valiosas, mas foi a empresa que mais perdeu valor desde 2019. Fonte: facebook

Segundo o levantamento anual da Forbes, o Facebook foi a empresa que mais perdeu valor entre 2019 e 2020. Além disso, a marca que gera 98% de sua receita com anúncios está sofrendo com um boicote. Muitos de seus anunciantes retiraram sua publicidade da plataforma de Mark Zuckerberg para pressioná-lo a alterar as políticas da rede social com relação a posts e comentários com discurso de ódio. A campanha chegou a desvalorizar a empresa em 8% durante apenas um dia. Certamente, este será um dos anos mais difíceis para o Facebook, mas a rede social ainda é uma das marcas mais valiosas

Valor líquido: US$ 70,3 bilhões | Variação do valor em um ano: -21% | Receita: US$ 49,7 bilhões

Como a Forbes encontra as empresas mais valiosas?

A metodologia para encontrar as marcas mais valiosas é complexa e avalia diversos âmbitos, mas não é impossível de entender. Em primeiro lugar, a Forbes levanta qual a receita e os ganhos da empresa nos três exercícios fiscais anteriores ao ano analisado (ou seja, 2017, 2018 e 2019). Feito esse levantamento, a revista parte para uma análise de juros e impostos pagos. 

Após o levantamento do número líquido dos ganhos da marca, é aplicado “o múltiplo preço/lucro médio nos últimos três anos” para chegar ao valor final da marca. Para ler a lista completa [em inglês], clique aqui.

Você pode gostar também