MEC informa que Sisu será aberto em abril de 2021

O ENEM 2020 foi adiado e vai acontecer em janeiro dor próximo ano, por conta da pandemia do coronavírus. Mas estudantes vão poder entrar na faculdade com a nota da prova ainda em 2021.

Na última sexta-feira (11) o Ministério da Educação (MEC) anunciou que o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) será aberto em abril de 2021 para utilizar a nota do ENEM 2020, que foi adiado para janeiro do próximo ano, por causa da pandemia.

Enem 2020: um guia com as principais informações

Sisu

De acordo com o ministério, o edital da primeira edição do Sisu de 2021 “será publicado após a divulgação do resultado do Enem, em março, coincidindo com a conclusão do semestre letivo de 2020 de grande parte das instituições públicas de ensino superior”.

Dessa maneira, o Sisu usará as notas dos estudantes no ENEM 2020. O programa é maior porta de entrada para as universidades públicas brasileiras no momento.

Apesar de alteração no Sisu, as inscrições para programas de bolsa ou financiamento em escolas particulares não foram alterados. O retorno das aulas nas instituições privadas também não sofreu alterações. Por isso, a escolha de bolsistas precisa ser realizada antes da divulgação de resultados do Enem 2020.

Prouni

A seleção de estudantes pelo Programa Universidade para Todos (Prouni), que oferece bolsas em instituições particulares de ensino, usará notas do Enem 2019. Pois a maior parte das universidades particulares iniciará as aulas logo em fevereiro de 2020. Além disso, o MEC quer fazer uma segunda edição do programa para quem conclui o ensino médio neste ano, dessa forma, usando as notas do Enem 2020.

Sisu será aberto em abril
Foto: agência brasil

Fies

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) oferece financiamento para instituições privadas de ensino. Quem quiser participar do programa pode utilizar as notas desde o ENEM 2010. A mesma regra valerá para a segunda edição, mas o candidato pode usar a nota da última prova caso preferir.

Enem adiado – Sisu

Em razão da pandemia, as escolas foram fechadas e os alunos sofreram com o ensino, muitos não têm condições de estudar online. Por isso, o ENEM 2020 precisou ser adiado e não vai acontecer esse ano, que seria em novembro.

As novas datas são dias 17 e 24 de janeiro na versão impressa e nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro na versão digital.

De acordo com o edital, o Inep vai aplicar o Enem Digital somente para 96.086 participantes, enquanto 5.687.271 inscritos farão a prova impressa.

O resultado do Enem 2020 sairá dia 29 de março de 2021, segundo o edital do Inep. Com a nota em mãos, os participantes poderão se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.