Conheça opções de crédito para MEI e saiba como solicitar

Conheça as possibilidades de Microcrédito Produtivo Orientado, BNDES Microcrédito e CREDMEI.

O microempreendedor individual que deseja comprar novos equipamentos, mercadorias ou reformar seu espaço de trabalho pode optar por contratar empréstimos específicos para sua categoria. Entre as opções de crédito para MEI, há diferentes taxas de juros e modos de garantia. Conheça a seguir as seguintes possibilidades: Microcrédito Produtivo Orientado, BNDES Microcrédito e CREDMEI.

Microcrédito Produtivo Orientado é uma opção de crédito para MEI

O Microcrédito Produtivo Orientado se trata de uma linha de crédito oferecida pela Caixa Econômica Federal. É destinada a micro e pequenos empreendedores, sejam eles formais ou informais. O dinheiro pode ser usado para compra de máquinas, equipamentos e mercadorias. Ou ainda para reforma do local de trabalho.

Podem solicitar, empresa com faturamento anual de no máximo R$ 360 mil. Sendo assim, trata-se de um crédito para MEI, já que o faturamento dessa categoria não pode passar de R$ 81 mil ao ano.

Além disso, também é preciso cumprir os seguintes critérios:

  • Ter recebido orientação negocial ou financeira;
  • Utilizar o crédito exclusivamente no negócio;
  • Ser maior de 18 anos;
  • Não ter nome em cadastros de inadimplentes;
  • Ter conta bancária na Caixa Econômica Federal.

A partir disso a solicitação do crédito pode ser feita em agências da Caixa ou no canal do WhatssApp, através do 0800-726-0104. Será preciso passar por análise de crédito para verificar capacidade de pagamento. Sendo assim, o valor a ser pego, depende desses fatores. O mínimo é de R$ 300, e com renovações pode-se chegar ao valor de até R$ 21 mil.

A taxa de juros é de 3,49% ao mês, ao passo que a Tarifa de Abertura de Crédito (TAC) é de 3%. Entre as garantias da operação, está o aval do proprietário do MEI.

Nota-se também que o prazo para pagamento do empréstimo é de quatro a 24 meses e não há período de carência. É possível pagar através de débito em conta, boleto bancário ou em lotéricas por meio do código do convênio e número de CPF.

BNDES Microcrédito

Em seguida, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) também oferece opção de crédito para MEI. A linha de crédito BNDES Microcrédito oferece financiamentos de até R$ 20 mil a microempreendedores formais e informais.

O dinheiro pode ser usado como capital de giro e investimentos como obras civis, aquisição de máquinas e equipamentos. Bem como, para compra de insumos e materiais. Pessoas físicas e jurídicas empreendedoras em atividades de pequeno porte, ou seja, com faturamento anual de até R$ 360 mil, podem solicitar esse empréstimo

Em relação a solicitação, como o BNDES não atua em contato direto com os microempreendedores, é preciso ir até os agentes operadores da sua cidade. Para consultar quais são esse agentes, basta acessar o site do BNDES na área relacionada a esse crédito e clicar em “Lista de agentes repassadores”.

BNDES Microcrédito

Dessa forma, a taxa de juros será negociada entre o agente operador e o MEI, mas não pode passar de 4% ao mês. Já a Taxa de Abertura de Crédito não pode ser superior a 3% do valor financiado.

O prazo de pagamento também será negociado entre o empreendedor e a instituição financeira. Já as garantias costumam ser na modalidade de aval solidário.

CREDMEI

Outra possibilidade de crédito para MEI é o Programa de Simplificação do Acesso a Produtos e Serviços Financeiros para os Pequenos Negócios (CREDMEI). Trata-se de um serviço com o objetivo de facilitar o acesso do MEI e de pequenas empresas a variadas soluções financeiras.

Entre os serviços financeiros disponíveis a partir do programa, estão:

  • Conta corrente de pessoa jurídica;
  • Máquinas de débito e crédito;
  • Antecipação de recebíveis;
  • Variadas opções de crédito para MEI;
  • Seguros;
  • Investimentos.

Em relação às opções de crédito, o MEI pode encontrar a partir do CREDMEI linhas para comprar mercadorias, insumos ou matérias-primas. Ou destinadas a compra de máquinas, equipamentos, móveis e utensílios de produção.

Na prática, o microempreendedor individual usa o canal do CREDMEI para solicitar acesso a determinado crédito. Então, esse pedido será encaminhado, com documentação necessária, para as instituições financeiras escolhidas pelo MEI. Essa intermediação pode facilitar o acesso a empréstimos.

Para solicitar, o cidadão deve acessar a seção de crédito no Portal do Empreendedor, clicar no serviço em questão e depois apertar no botão escrito “Faça sua solicitação”. Na mesma página é possível verificar as instituições participantes.

CREDMEI

O próximo passo é fazer login com a conta gov.br e preencher o formulário de solicitação. Pode-se adicionar cópias do documento de identidade, um comprovante de residência e a Declaração Anual do Simples Nacional (DASN-SIMEI)

O que fazer antes de solicitar crédito para MEI?

Antes de contratar determinado crédito para MEI, o empreendedor deve se planejar bem. Se recomenda avaliar a quantia de dinheiro que será necessária para o objetivo em vista, bem como verificar se será possível arcar com os pagamentos. Outra recomendação é avaliar as condições disponibilizadas pelas diferentes linhas de crédito para MEI, e escolher pela que mais se adequa às condições do negócio.

Ademais, após obter o crédito para MEI, é importante ter controle sobre o seu uso. Bem como verificar se o negócio não deixará de crescer por falta de reinvestimento.

 

Leia também:

Microcrédito para MEI: entenda como funciona e como contratar

Quem é MEI tem direito ao seguro-desemprego?

Veja como solicitar auxílio-doença para MEI

Mostrar comentários (1)

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes