Quem tem MEI precisa fazer alguma declaração especial no fim de ano?

Microempreendedores Individuais devem estar atentos as responsabilidades, como o pagamento do DAS, a DASN-SIMEI e a emissão de nota fiscal. Mas declaração de fim de ano não é preocupação

Declarações de rendimentos e pagamentos do imposto de renda são feitos todos os anos. Não diferente disso, os Microempreendedores Individuais (MEI) devem arcar com algumas obrigações, como o pagamento mensal da guia do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS), a Declaração Anual do Faturamento do Simples Nacional (DASN-SIMEI) e a emissão de notas fiscais. Entretanto, alguns novos empreendedores podem ter dúvidas sobre as responsabilidades e se o MEI deve fazer alguma declaração de fim de ano.

 

MEI precisa fazer declaração de fim de ano?

Não. A Declaração Anual Simplificada referente ao ano de 2020, na verdade, deve ser apresentada até 31 de maio do ano seguinte. Nela, portanto, deve-se informar todos os rendimentos que obteve com a empresa ao longo do ano.

Dessa forma, para a declaração, é necessário reunir informações sobre o faturamento do ano, quanto desse total foi obtido através de revenda (comércio) ou venda (indústria) de produtos e se o MEI possui empregado. Assim, o empreendedor não precisa pagar nenhuma taxa se estiver no limite de faturamento.

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Passo a passo para fazer a declaração anual

  • 1º passo: Acessar o Portal do Empreendedor;
  • 2º passo: Ir até a seção “Já Sou” e clicar em “Serviços”;
  • 3º passo: Escolher a opção “Faça sua declaração anual de faturamento”;
  • 4º passo: Clicar em “Enviar declaração”, depois disso haverá um redirecionamento à página da Receita Federal;
  • 5º passo: Digitar o CNPJ da empresa;
  • 6º passo: Na linha “Original” selecionar o ano a que se refere a declaração, e cliclar em “Continuar”;
  • 7º passo: No campo “Valor da Receita Bruta Total” digite o faturamento total do ano. Já o quadro abaixo, informe o valor das receitas referentes às atividades de comércio, indústria e serviço de transporte intermunicipal e interestadual;
  • 8º passo: Depois diga se tem ou não funcionário e clique em “Continuar”;
  • 9° passo: Enfim, ao concluir a declaração será possível imprimir o documento.

Nota-se que só se deverá  a opção “Declaração Retificadora” caso o empreendedor precisar alterar o valor informado anteriormente. Nesse sentido, a declaração anual pode solicitada caso o MEI queira abrir conta em instituição bancária com o CNPJ. Bem como, pode haver a solicitação em renovações de licenças e alvarás.

 

Leia também:

MEI: Saiba o que muda com o novo Portal do Empreendedor

Quanto o MEI recebe de aposentadoria com a contribuição do INSS?

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes