Classificação da Liga das Nações 2022: tabela atualizada após 4ª rodada

Seleções da UEFA disputam a competição no futebol internacional como preparação para a Copa do Catar

A Liga das Nações segue em todo o vapor com muita rivalidade e confrontos de tirar o fôlego dentro dos gramados. Cinquenta e cinco seleções disputam a competição em quatro seleções, onde o campeão deve passar por um longo processo até alcançar a final. Com o fim da quarta rodada nesta terça, 14 de junho, veja como ficou a Classificação da Liga das Nações 2022.

Classificação da Liga das Nações 2022 atualizada

A Liga das Nações na temporada 2022 trouxe até a quarta rodada resultados que movimentam cada vez mais a tabela de classificação.

A Dinamarca é uma das favoritas ao título na Liga A, assim como a Espanha e a Holanda. A Noruega, por outro lado na liga B, vem surpreendendo.

A Rússia foi excluída da competição por decisão unanime da UEFA após a invasão das tropas russas na Ucrânia, com início em fevereiro. Com isso, a seleção russa será rebaixada para a Liga C, e ainda não há previsão de retorno para disputar competições da entidade.

Confira a seguir como ficou a classificação da Liga das Nações 2022 após a quarta rodada.

 

LIGA A

GRUPO 1
1 Dinamarca – 9 pontos
2 Croácia – 7 pontos
3 Áustria – 4 pontos
4 França – 2 pontos

 

GRUPO 2
1 Espanha – 8 pontos
2 Portugal – 7 pontos
3 República Tcheca – 4 pontos
4 Suíça – 3 pontos

 

GRUPO 3
1 Hungria – 7 pontos
2 Alemanha – 6 pontos
3 Itália – 5 pontos
4 Inglaterra – 2 pontos

 

GRUPO 4
1 Holanda – 10 pontos
2 Bélgica – 7 pontos
3 Polônia – 4 pontos
4 País de Gales – 1 ponto

 

LIGA B

GRUPO 1
1 Ucrânia – 7 pontos
2 Escócia – 6 pontos
3 Irlanda – 4 pontos
4 Armênia – 3 pontos

 

GRUPO 2
1 Israel – 5 pontos
2 Islândia – 3 pontos
3 Albânia – 1 ponto
4 Rússia – 0 ponto

 

GRUPO 3
1 Bósnia – 8 pontos
2 Montenegro – 7 pontos
3 Finlândia – 4 pontos
4 Romênia – 3 pontos

 

GRUPO 4
1 Noruega – 10 pontos
2 Sérvia – 7 pontos
3 Suécia – 3 pontos
4 Eslovênia – 2 pontos

 

LIGA C

GRUPO 1
1 Turquia – 12 pontos
2 Luxemburgo – 7 pontos
3 Ilhas Faroé – 4 pontos
4 Lituânia – 0 ponto

 

GRUPO 2
1 Grécia – 12 pontos
2 Kosovo – 6 pontos
3 Irlanda do Norte – 2 pontos
4 Chipre – 2 pontos

 

GRUPO 3
1 Cazaquistão – 10 pontos
2 Eslováquia – 6 pontos
3 Azerbaijão – 4 pontos
4 Belarrússia – 2 pontos

 

GRUPO 4
1 Geórgia – 10 pontos
2 Macedônia do Norte – 7 pontos
3 Bulgária – 3 pontos
4 Gibraltar – 1 ponto

 

LIGA D

GRUPO 1
1 Letônia – 12 pontos
2 Moldávia – 7 pontos
3 Andorra – 4 pontos
4 Liechtenstein – 0 ponto

 

GRUPO 2
1 Estônia – 6 pontos
2 Malta – 6 pontos
3 San Marino – 0 ponto

Quando Liga das Nações retorna em 2022?

Com a pequena pausa no mês de junho, após o fim da quarta rodada entre as quatro divisões, a Liga das Nações estará de volta com as disputas em setembro de 2022, com a quinta rodada.

A sexta rodada encerra a primeira fase do torneio em 27 de setembro, com todas as seleções cumprindo a programação de confrontos.

A semifinal ainda não tem data para acontecer. Porém, de acordo com o calendário da UEFA, a bola pode rolar entre os quatro semifinalistas no mês de outubro ou apenas no começo do ano que vem, já que o Mundial da FIFA será realizado entre novembro e dezembro deste ano, no Catar.

Como funciona a Liga das Nações 2022?

A Liga das Nações reúne 55 seleções da UEFA, divididas em três ligas de dezesseis times e uma com sete, seguindo o sistema de acesso e rebaixamento em cada temporada. No início da competição, eram as posições de cada elenco no ranking da UEFA que definiam onde cada equipe iria jogar.

Elas estão divididas entre as ligas A, B, C, e D, sendo a primeira a maior e a última a de menor expressão. Os líderes de cada grupo na liga A se classificam para a semifinal, enquanto nas outras três ligas os primeiros sobem de divisão, e os últimos são rebaixados para a inferior.

As ligas A, B e C tem quatro grupos de quatro, enquanto a D possui um de quatro times e outro de três. O campeão da temporada será o vencedor da final entre os ganhadores da semifinal na Liga A.

Você pode gostar também