Flamengo busca o tetra na Copa do Brasil: relembre os títulos anteriores

O Flamengo estreia na Copa do Brasil de 2020 com o objetivo de voltar a conquistar um título que não vem há sete anos

O Flamengo estreia na Copa do Brasil de 2020 com o objetivo de voltar a conquistar um título que não vem há sete anos. E o adversário daquela final em 2013 será o mesmo desta quarta-feira (28), pelas oitavas de final. Assim, mais uma vez, o Athletico-PR faz um duelo rubro-negro contra os cariocas no principal torneio de mata-mata do futebol brasileiro.

Último título do Flamengo na Copa do Brasil

Em 2013, Hernane Brocador e Elias fizeram os gols que deram o terceiro título da Copa do Brasil ao Flamengo. Já o Athletico-PR tinha Paulo Baier como capitão e um perigoso ataque formado por Marcelo Cirino, Éderson e Éverton. No entanto, o Furacão parou na forte marcação do meio-campo comandado por Luiz Antônio, eleito o melhor jogador da final.

Antes da final contra o Athletico-PR na Copa do Brasil de 2013, o Flamengo passou por Remo, Campinense, ASA, Cruzeiro, Botafogo e Goiás. O atacante Hernane Brocador fez oito gols ao longo da campanha e terminou como o artilheiro da competição.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Flamengo campeão da Copa do Brasil de 2013
Alexandre Vidal e João Vitor/Fla Imagem

Flamengo e Athletico-PR voltaram a se enfrentar na Copa do Brasil de 2019, pelas quartas de final. E o time paranaense levou a melhor nos pênaltis após dois empates por 1 a 1. Em seguida, o Furacão superou Grêmio e Inter para se sagrar campeão do torneio pela primeira vez.

Além disso, Flamengo e Athletico-PR duelaram novamente no começo de 2020 pela Supercopa do Brasil, com vitória do rubro-negro carioca por 3 a 0. No último confronto entre os dois times, o Mais Querido levou vantagem novamente: vitória por 3 a 1 pela 13ª rodada do Brasileirão.

Títulos anteriores do Flamengo na Copa do Brasil

Tricampeão da Copa do Brasil, o Flamengo também tem quatro vices e chegou às semifinais seis vezes. Assim, depois de Cruzeiro e Grêmio, o clube da Gávea é o terceiro maior vencedor da competição. O primeiro título veio logo na segunda edição do torneio, em 1990.

1990: a primeira conquista

O adversário da final foi o Goiás. No primeiro jogo, em Juiz de Fora, o zagueiro Fernando fez o gol da vitória. Na partida de volta, o empate sem gols deu o título da Copa do Brasil ao Flamengo. Aquele time tinha Júnior, Zinho e Djalminha no meio-campo, além Renato Gaúcho no ataque. Marcelinho Carioca estava no banco. No elenco do Goiás, o destaque era o camisa 9 Túlio Maravilha.

2006: título contra o rival

Quando Flamengo e Vasco se encontraram na final da Copa do Brasil de 2006, os rubro-negros já tiravam onda com a sequência de vitórias sobre o rival em decisões do Estadual. Dessa forma, os cruzmaltinos queriam aproveitar a oportunidade para se vingar e ainda acabar com a fama de vice. Mas não foi o que aconteceu.

O time do Vasco tinha Ramon Menezes no meio-campo e Edilson Capetinha no ataque. Já o Flamengo, do técnico Ney Franco, contava com nomes como Renato Augusto, Juan, Jônatas e os atacantes Luizão e Obina.

Juan comemora gol do título do Flamengo na Copa do Brasil de 2006
Divulgação/Flamengo

No comecinho do segundo tempo, Obina saiu do banco de reservas e, três minutos depois, pegou de primeira uma sobra de escanteio e mandou no ângulo. Logo em seguida, Luizão marcou de cabeça e deu ao Flamengo uma grande vantagem para o jogo de volta.

No entanto, o técnico do Vasco, Renato Gaúcho, se manteve confiante na virada. Ele anunciou que tinha uma carta na manga, mas manteve o mistério na escalação. No dia do jogo, veio a surpresa: o atacante Valdir Papel foi escalado como titular.

Mas Valdir Papel levou o segundo cartão amarelo com apenas 16 minutos de jogo, e deixou o Vasco com um a menos logo no começo. Como resultado, o Flamengo venceu com gol de Juan e confirmou o título.

Flamengo na Copa do Brasil: onde assistir

Depois do bicampeonato em 2006, o Flamengo demorou sete anos para voltar a levantar o troféu da Copa do Brasil, em 2013. Eis que, sete anos depois, o rubro-negro carioca estreia na competição como um dos favoritos ao título. Afinal, é o atual campeão brasileiro e da Libertadores.

O início da caminhada nas oitavas de final contra o Athletico-PR será exibido ao vivo pela Rede Globo para todo o Brasil, exceto São Paulo e Minas Gerais. Além disso, o jogo de ida terá transmissão do SporTV 2 e do Premiere. A partida está marcada para 21h30 desta quarta-feira (28), na Arena da Baixada, em Curitiba. O jogo de volta será no Maracanã, no dia 4 de novembro, às 21h30.

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes