Pedro encanta torcida do Flamengo, mas não tem permanência garantida

Após brilhar em vitórias do Flamengo no Brasileirão e na Libertadores, Pedro virou xodó da torcida e mobilizou a diretoria do clube

Após brilhar em vitórias do Flamengo no Brasileirão e na Libertadores, Pedro virou xodó da torcida e mobilizou a diretoria do clube. Afinal, o atacante de 23 anos está emprestado pela Fiorentina, da Itália. Assim, o rubro-negro precisa abrir os cofres se quiser continuar com ele na próxima temporada.

Depois que Gabigol ficou fora por lesão e o Flamengo teve um surto de jogadores infectados por covid-19, Pedro virou titular e aproveitou a chance. Desde então, ele balançou as redes em cinco jogos seguidos.

Fase iluminada de Pedro no Flamengo

A fase iluminada do atacante começou na partida contra o Barcelona de Guayaquil, pela Libertadores, quando o rubro-negro entrou em campo desfigurado por desfalques. Pedro fez o gol que abriu o placar, e o Flamengo venceu por 2 a 1 na base da superação.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O jogo seguinte, contra o Palmeiras, quase não aconteceu devido aos 19 casos de coronavírus no Flamengo. Mas o rubro-negro voltou a se superar e, mesmo com um time recheado de jovens do sub-20, arrancou um empate fora de casa com gol de Pedro.

Nos dois compromisso seguintes, contra Independiente Del Valle e Athletico-PR, Pedro voltou a deixar sua marca. Finalmente, na partida contra o Sport pela 14ª rodada do Brasileirão, o camisa 32 teve atuação de gala e marcou dois gols na vitória por 3 a 0.

Assim, depois de marcar seis gols em cinco jogos, Pedro ultrapassou Gabigol na artilharia do Brasileirão. E o técnico Domènec Torrent passou a contar com duas opções de altíssimo nível para jogar na posição de centroavante. Quando o camisa 9 se recuperar de lesão, o treinador terá dor de cabeça para escalar o time. Mas a torcida do Flamengo não poderia estar mais satisfeita.

Novo xodó da torcida

Se no ano passado o principal bordão da torcida do Flamengo era “hoje tem gol do Gabigol”, em 2020 a história é diferente. Depois dos últimos jogos, a expressão “Pedro fede” foi parar nos Trending Topics do Twitter.

A brincadeira, no entanto, não tem nada a ver com o desodorante do atacante e nem mesmo com a famosa piada do “cheirinho”. Segundo os flamenguistas, Pedro “fede a gol”. Entre tantos elogios e memes de exaltação ao atacante nas redes sociais, também não faltam pedidos de torcedores para que a diretoria garanta a permanência definitiva do camisa 21.

Contrato de Pedro no Flamengo

Dispensado das categorias de base do Flamengo quando tinha 15 anos, Pedro foi para o Fluminense e logo se destacou. Estreou nos profissionais do tricolor em 2016, e marcou o seu primeiro gol em 2017. No ano seguinte, apareceu pela primeira vez entre os convocados para a seleção brasileira.

Em 2019, o Fluminense acertou ao venda do jogador para a Fiorentina por 11 milhões de euros (R$ 50 milhões na cotação da época). No entanto, Pedro disputou apenas quatro jogos com a camisa do time italiano. Assim, em janeiro de 2020, o atacante voltou ao Flamengo, clube onde foi dispensado no começo da carreira.

Pedro está emprestado ao Flamengo até 31 de dezembro de 2020. Aliás, este também é o prazo para que o rubro-negro exerça a opção de compra do jogador. Para isso, terá que desembolsar 12 milhões de euros (R$ 78 milhões na cotação atual). Deste valor, o clube já quitou 2 milhões de euros referentes ao empréstimo do atleta.

Portanto, para ficar em definitivo com Pedro, o Flamengo precisa pagar mais 10 milhões de euros à Fiorentina. Segundo o Globoesporte.com, a diretoria rubro-negra já entrou em contato com os empresários do jogador para negociar a permanência do atacante. Afinal, ele está entre os jogadores mais valorizados do Brasileirão e pretende dar sequência à boa fase no clube. “Espero conquistar grandes coisas”, declarou após a vitória contra o Sport.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes