Quem ganhou a corrida da F1 hoje; classificação GP da Hungria 2022

No pódio, Verstappen ficou em primeiro lugar, Hamilton em segundo e George Russell em terceiro.

E deu Red Bull no topo! Max Verstappen foi quem ganhou a corrida da F1 hoje, o Grande Prêmio da Hungria neste domingo, 31 de julho, pelo Circuito Hungaroring, em Mogyorod. O piloto da Red Bull saiu da décima posição até a liderança no finalzinho da prova para garantir a vitória com facilidade.

Verstappen venceu a prova, com Lewis Hamilton e George Russell, da Mercedes, em segundo e terceiro lugar no pódio da Hungria neste domingo.

Max Verstappen foi quem ganhou a corrida da F1 na Hungria

Clima quente na Hungria, arquibancadas lotadas e muita festa para os pilotos. Foi assim a realização do Grande Prêmio da Hungria neste domingo. Todos os vinte pilotos correram no circuito Hungaroring, em Mogyorod.

Finalizada a volta de formação, as luzes do painel se apagaram e a largada foi dada na Hungria. Russell, pole position, se manteve na primeira posição deixando as Ferraris para trás.

Já Verstappen foi para a oitava posição. Entretanto, não demorou para ele atacar. O piloto da Red Bull deixou Fernando Alonso e Esteban Ocon para trás, ambos da Alpine, subindo para a sexta posição.

Na volta 12, Hamilton ultrapassou Norris e subiu até a quarta posição. Logo atrás, Verstappen seguiu buscando a parte da frente do grid para relembrar os bons momentos da rivalidade da temporada passada. Em seguida, Perez também ultrapassou Ocon.

Russell foi para o box na volta 17 para trocar pneus, enquanto Sainz tomou a primeira posição, Leclerc em segundo e Hamilton em terceiro lugar. O novato da Mercedes voltou para a pista na sexta posição. Em seguida, foi a vez da Ferrari entrar no box entre a volta 19. A equipe italiana, entretanto, acabou errando com Sainz e sob o tempo de pit stop em 3s7, o competidor perdeu a liderança para Leclerc. Sainz voltou em sexto lugar.

Leclerc, no entanto, seguiu para o box na volta 22 e perdeu a liderança mais uma vez para Russell, mas retornando para a prova em segundo lugar. Na volta 25, Daniel Ricciardo, da McLaren, surpreendeu ao realizar ultrapassagem dupla em cima de Ocon e Alonso, da Alpine, levando a torcida à loucura.

Até aqui, metade da prova foi concluída com muita ação tanto na parte da frente como para trás. Russell continuou  segurando a Ferrari com Leclerc e Sainz. A partir daí, o monegasco partiu para o ataque em Russell. Foram três voltas com disputa entre os dois pilotos. Apenas na volta 31, a ultrapassagem de Leclerc foi concluída próximo da curva 1.

Com meia hora de prova realizada, a chuva apareceu na Hungria. Enquanto isso, Verstappen foi subindo posição por posição até alcançar a quinta. Na volta 41, o holandês da Red Bull ultrapassou Leclerc para assumir a terceira posição, mas a alegria de Max durou pouco após o piloto rodar sozinho na pista e cair para a quarta posição novamente.

Verstappen voltou a brigar pelo pódio na volta 45 apenas e conseguiu novamente passar Leclerc em manobra por fora da saída da curva 1. Até aqui, Sainz seguiu na liderança com Hamilton em segundo e Verstappen na terceira posição.

Com a saída de Sainz para o box, Hamilton assumiu a primeira posição de maneira provisória. A celebração durou pouco tempo já que o britânico também foi para o box, com Verstappen na liderança. Já Russell conseguiu ultrapassar Leclerc para chegar na vice-liderança. O monegasco da Ferrari caiu mais posições ao seguir para o box na volta 57, erro da equipe.

64 voltas completas. Hamilton ultrapassou Sainz e assumiu a terceira posição. Com dobradinha da Mercedes, o heptacampeão passou Russell, seu colega de equipe, até a vice-liderança próximo da curva 1.

Verstappen e Hamilton. Os dois seguiram brigando pela posição para relembrar os melhores momentos da temporada passada.

Bottas parou o carro na volta 68, e a bandeira amarela foi acionada com o Safety Car virtual. A bandeira verde foi agitada para a última volta. Verstappen não deu brecha para o oponente britânico, terminando o Grande Prêmio da Hungria na liderança.

No pódio, Hamilton e Russell, da Mercedes.

Classificação de quem ganhou a corrida da Fórmula 1 hoje

1º Max Verstappen (Red Bull) – quem ganhou a corrida da Fórmula 1 hoje
2º Lewis Hamilton (Mercedes)
3º George Russell (Mercedes)
4º Carlos Sainz (Ferrari)
5º Sergio Perez (Red Bull)
6º Charles Leclerc (Ferrari)
7º Lando Norris (McLaren)
8º Fernando Alonso (Alpine)
9º Esteban Ocon (Alpine)
10º Sebastian Vettell (Aston Martin)
11º Lance Stroll (Aston Martin)
12º Pierre Gasly (AlphaTauri)
13º Zhou Guanyu (Alfa Romeo)
14º Mick Schumacher (Haas)
15° Daniel Ricciardo (McLaren)
16º Kevin Magnussen (Haas)
17º Alexander Albon (Williams)
18º Nicholas Latifi (Williams)
19º Yuki Tsunoda (AlphaTauri)
20º Valtteri Bottas (Alfa Romeo)

Qual é a próxima corrida da Fórmula 1?

O Grande Prêmio da Bélgica é a próxima corrida da Fórmula 1 na temporada 2022. Com três treinos livres, um classificatório e a corrida no domingo, a etapa será realizada nos dias 26, 27 e 28 de agosto de 2022, no Circuito de Spa-Francorchamps, em Stavelot.

A Fórmula 1 terá uma pequena pausa no mês de agosto. Com a décima quarta prova da temporada na Fórmula 1, esta será a primeira após a paralisação do torneio de automobilismo. Este será mais um capítulo da disputa entre Charles Leclerc e Max Verstappen, além da briga entre Red Bull e Ferrari.

O canal da BAND, pela TV aberta, transmite com exclusividade a Fórmula 1 para todos os estados do Brasil e de graça. Para o torcedor que gosta de acompanhar os treinos livres, o canal da BandSports é a opção, somente em operadoras de TV por assinatura.

Classificação geral atualizada dos pilotos da Fórmula 1 em 2022

1 Max Verstappen (Red Bull) – 258 pontos
2 Charles Leclerc (Ferrari) – 178 pontos
3 Sergio Perez (Red Bull) – 173 pontos
4 George Russell (Mercedes) – 158 pontos
5 Carlos Sainz (Ferrari) – 156 pontos
6 Lewis Hamilton (Mercedes) – 146 pontos
7 Landos Norris (McLaren) – 76 pontos
8 Esteban Ocon (Alpine) – 58 pontos
9 Valtteri Bottas (Alfa Romeo) – 46 pontos
10 Fernando Alonso (Alpine) – 41 pontos
11 Kevin Magnussen (Haas) – 22 pontos
12 Daniel Ricciardo (McLaren) – 19 pontos
13 Pierre Gasly (AlphaTauri) – 16 pontos
14  Sebastian Vettell (Aston Martin) – 16 pontos
15 Mick Schumacher (Haas) – 12 pontos
16 Yuki Tsunoda AlphaTauri) – 11 pontos
17 Zhou Ghanyu (Alfa Romeo) – 5 pontos
18 Lance Stroll (Aston Martin) – 4 pontos
19 Alexander Albon (Williams) – 3 pontos
20 Nicholas Latifi (Williams) – 0 ponto
21 Nico Hulkenberg (Aston Martin) – 0 ponto

 

Leia também:

Qual é o champagne da Fórmula 1 e origem da tradição

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.