Quem são os jogadores que estavam no avião que caiu em Palmas hoje

Parte do elenco do time viajava para Goiânia, onde enfrentaria o Vila Nova pela Copa Verde, nesta segunda-feira (25).

Um acidente com um avião em Luzimangues (Tocantins), neste domingo (24), matou quatro jogadores e o presidente do Palmas Futebol e Regatas, time da Série D. Logo depois de decolar, a aeronave atingiu o solo em um matagal, mas ainda não se sabe o que causou a queda. A equipe viajava para Goiânia, onde enfrentaria o Vila Nova pela Copa Verde, então nesta segunda-feira (25). Saiba quem são os jogadores que estavam no avião que caiu em Palmas.

Quais jogadores estavam no avião que caiu em Palmas?

De acordo com a assessoria do clube, estavam a bordo os atletas Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari. Além dos jogadores, o presidente Lucas Meira e então o piloto, identificado como ‘comandante Wagner’. Todos morreram.

Lucas Praxedes:

Com apenas 23 anos, Lucas Praxedes era defensor do Palmas e veio a falecer no acidente do avião que caiu com parte do elenco da equipe.

Canhoto, Praxedes jogava de lateral esquerdo e chegou ao clube no ano passado. O atleta rodou por várias equipes, e mesmo jovem, teve passagens por: Patrocinense, Coimbra, Marcílio Dias, São José, Marília, Botafogo-SP, Capivariano e XV Jaú.

Guilherme Noé:

Guilherme Afonso Noé jogava como volante ou meia. Aos 28 anos, o atleta passou por diversos clubes antes do Palmas. Destro, Noé também atuou por Tombense, Nacional de Muriaé, Tupi, Caldense, Ipatinga e Democrata de Governador Valadares.

- PUBLICIDADE -

Ranule:

Ranule Gomes dos Reis era goleiro e tinha 27 anos. No Palmas desde o ano passado, o arqueiro foi formado no Democrata de Sete Lagoas e passou por Minas Boca, Villa Nova, Nacional de Muriaé, Tupi e Esportiva Guaxupé.

Marcus Molinari:

O meia Marcus Molinari tinha apenas 23 anos, e também morreu no avião que caiu do Palmas. O atleta era filho do atacante Marinho, que jogou pelo Atlético-MG durante os anos 2000. Molinari fez sua categoria de base no Villa Nova-MG, mas passou por clubes como Araxá, Tupi, Ipatinga e Tupynambás e pelo Santos.

Na foto, Molinari ainda criança aparece ao lado do pai, Marinho
Na foto, Molinari ainda criança aparece ao lado do pai, Marinho (Foto: Divulgação/Twitter)

Imagens do avião que caiu em Palmas

Leia também

Saída da Sony do Brasil: quais produtos não serão vendidos?

Nubank libera pagamentos por aproximação em celulares…

Imagens no local mostram a aeronave pegando fogo logo depois da queda. Além do IML e dos Bombeiros, equipes da Polícia Militar estão no local para prestar apoio.

- PUBLICIDADE -

Adversário se solidariza com morte de jogadores do Palmas

O Vila Nova, adversário da equipe na Copa Verde, prestou solidariedade por meio das redes sociais. O clube disse que prestará apoio para o adiamento da partida, após o acontecimento do avião que caiu em Palmas.

Por meio de uma nota divulgada. a equipe do Palmas Futebol e Regatas confirmou a queda da aeronave e o nome de todos a bordo. O clube ainda afirma que em um melhor momento, se pronunciará pelo ocorrido.

Conheça a história e títulos do Palmas 

O Palmas Futebol e Regatas é uma agremiação poliesportiva, localizada na cidade de Palmas, capital do estado do Tocantins. Fundado em 31 de janeiro de 1997, o clube é detentor de sete títulos estaduais, além de ter conseguido chegar às quartas de final da Copa do Brasil, em 2004.

- PUBLICIDADE -

+ História do Cuiabá: equipe será 1ª de MT a disputar Série A desde 1986

Mesmo com 23 anos desde a sua fundação, o Palmas é a primeira equipe de futebol profissional a surgir na capital do Tocantins. A equipe conquistou seu primeiro título Estadual em 2000. No entanto, no ano seguinte, veio o bicampeonato e em 2002 o tri. Com três títulos seguidos, iniciava a hegemonia do Tricolor na competição.

Elenco do Palmas no primeiro título estadual do clube
Elenco do Palmas no primeiro título estadual do clube (Foto: Reprodução/Poster de Times Campeões)

Logo depois de não vencer a competição em 2003, a equipe conquistou o tetra no ano seguinte. Em 2004, além do título estadual, o clube conseguiu chegar até as quartas de final da Copa do Brasil, feito inédito para o Palmas. O clube ainda conseguiu mais caneco do Campeonato Tocantinense, em 2007, mas depois viveu um período de decadência.

- PUBLICIDADE -

Em 2010 o clube caiu para a segunda divisão do Estadual. Embora tenha subido no ano seguinte, a equipe voltou para a divisão inferior em 2017. No entanto, o Palmas também foi rebaixado no ano de 2012, mas como não houve a competição, permaneceu na elite do futebol tocantinense.

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes