‘Tesouro’ de Maradona é encontrado em container na Argentina

Maradona morreu no dia 25 de novembro após sofrer uma parada cardiorrespiratória

Um container de  Maradona, craque de futebol argentino que faleceu no último dia 25 de novembro, foi encontrado nos arredores de Buenos Aires. A nova descoberta pode ser considerada um verdadeiro “baú do tesouro” do ex-jogador, já que, além de itens curiosos, também há  outros históricos. Veja:

a

Um dos itens que chama atenção no container de Maradona é uma carta de Fidel Castro, ex-presidente de Cuba, a Maradona. Em um dos trechos, o líder cubano diz que ele “superou o mais difícil dos testes para um atleta e um jovem de origem humilde”. 

Entre os artigos, também foi encontrada dentro do container de Maradona uma camisa do Brasil com o nome do ex-presidente Lula. Além de ser internacionalmente conhecido por suas habilidades com a bola, Maradona também tinha uma postura política ativa, ligada ao viés de esquerda. 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

CBF ignora Palmeiras na Libertadores, e terá que remarcar Dérbi Paulista

Camisas de outros jogadores 

Dentro do container de Maradona, também havia camisetas de outros jogadores, como assinadas por Sergio Agüero, Ronaldo Nazário, Harry Kane e Hristo Stoichkov, todas elas assinadas. Bolas de futebol do Barcelona, Napoli e Boca Juniors, além de uma placa entregue pela Fifa a Maradona também estavam entre os itens. 

A localização do container de Maradona foram informados às autoridades judiciais, que recuperaram todos os itens e os catalogaram, segundo afirmaram membros da família à Reuters.

Morte de Maradona 

Diego Maradona morreu no dia 25 de novembro, aos 60 anos, após uma parada cardiorrespiratória. O ex-jogador havia sofrido um mal súbito em casa, onde se recuperava de uma cirurgia no cérebro, em Tigre, na região metropolitana de Buenos Aires. Ele foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. 

Maradona ganhou fama no mundo inteiro por sua genialidade dentro de campo. Mas, fora dele, também foi protagonista de muitas polêmicas. O ex-craque defendeu a camisa da Argentina em quatro Copas do Mundo e hoje é o ídolo de todos os torcedores no país.

Entre os clubes que Maradona passou, foi grande destaque na cidade de Nápoles, na Italiana, onde jogou no Napoli. No clube, ele conquistou dois títulos italianos, os únicos que o time conseguiu até hoje. Após a sua morte, o Estádio  San Paolo passará a se chamar Diego Armando Maradona, em homenagem ao ex-jogador. 

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes