Consórcio ou financiamento: qual a melhor opção para comprar imóvel?

Comprar um apartamento, casa, ou terreno é uma das decisões mais importantes das nossas vidas. Com tantas opções de consórcio e financiamento, como decidir qual a melhor?

Todos que compram um imóvel, seja para uso próprio ou apenas investimento, enfrentam as mesmas dúvidas. Qual a vantagem do consórcio? Como reduzir custos de financiamento? Mesmo pessoas com experiência no mercado financeiro têm dificuldade em encontrar a melhor opção.

O que é consórcio imobiliário?

A característica mais importante do consórcio é que você não sai de lá com o dinheiro em mãos para adquirir o imóvel. Portanto, pense no consórcio como uma cooperativa na qual pessoas se juntam para sortear alguns membros por mês. Estes felizardos saem com uma carta de crédito em mãos, porém devem continuar pagando as parcelas mensais restantes.

De um lado temos a grande vantagem de não existir taxa de juros, embora exista uma taxa de administração, além do fundo de reserva. No entanto, o consorciado pode não ter sorte de ser contemplado no início, e ter que aguardar até o término do contrato para receber a sua carta de crédito. Além dos sorteios, a maioria dos consórcios permite um leilão, onde o maior valor pago de adiantamento garante uma das vagas.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Em suma, se você não tem uma quantia considerável para garantir o sorteio através dos lances, o consórcio não é uma boa alternativa para quem tem pressa em adquirir o seu imóvel. Deste modo, tanto o valor acordado na carta de crédito, quanto as parcelas, são reajustadas pelo índice INCC. Entretanto, nada garante que o valor do imóvel desejado vá subir na mesma proporção.

O que é financiamento imobiliário?

Financiamento imobiliário é o método tradicional no qual o banco ou financeira realiza uma análise de crédito, e cobra uma taxa de juros sobre o valor devido. Inicialmente, a grande vantagem é que, após aprovado, a liberação do crédito geralmente ocorre em poucas semanas.

Em seguida, o prazo disponível para financiamento pode chegar a 30 anos, porém já se sabe de antemão o preço pago pelo imóvel. Além disso, existem modalidades reajustadas pela Taxa Referencial (TR), e outras com parcelas pré-determinadas ou fixas.

Ao contrário do consórcio, usualmente é requerida uma entrada, que pode variar entre 10% e 50% do valor, dependendo do histórico de crédito do cliente, fonte de recursos e relacionamento com o banco. Influencia inclusive a cidade na qual o imóvel se localiza. De maneira similar, é cobrado um seguro juntamente com as parcelas.

Como reduzir os custos de financiamento?

pessoa segurando chave e miniatura de casa

Primeiramente é preciso entender que o risco de crédito no financiamento é inteiramente do banco. Se uma pessoa adquire um imóvel via crédito, e para de pagar as prestações, este bem será retomado na justiça. Dessa maneira, além dos custos e burocracia, o banco corre o risco do imóvel depreciar de valor.

Deste modo, o banco quer todo o tipo de garantia que você está altamente comprometido com o financiamento. Por este motivo usualmente é oferecida uma taxa melhor para quem possui conta-salário na instituição, faz seguro nos locais indicados por eles, ou possui outros bens e fontes de renda para cobrir eventuais percalços.

Lembre-se que o agente de crédito, seja ele o gerente do banco ou funcionário da financeira, tem todo o interesse em ganhar a comissão. Por este motivo é importante abrir o maior número de informações possíveis para que a sua nota (score) de crédito seja maximizada, reduzindo assim os custos de financiamento.

Consórcio ou financiamento, qual vale a pena?

Se você precisa sair do aluguel, ou já tem um imóvel específico em mente, seja ele casa, apartamento ou terreno, fuja do consórcio. Por mais que o vendedor lhe garanta que o seu lance será vencedor logo no início, não há como saber o que será ofertado pelos demais participantes.

Não obstante, é possível comprar uma carta de crédito já contemplada. Alguns consorciados podem estar com pendências que os impedem de sair com o valor naquele momento, por isso, optam por vender para terceiros por um valor abaixo. Se você não possui experiência no ramo, certifique-se da procedência e validade de todas as informações antes de realizar um investimento destes.

Se você é um investidor e deseja se beneficiar destas cotas de consórcio contempladas, o Mercado Bitcoin Digital Assets intermedia a negociação desses ativos em formato de ativo digital. Acompanhe abaixo a explicação do pessoal da @usecripto

O financiamento é ideal para quem tem pressa. Com a queda da taxa de juros brasileira para o menor valor na história, certamente é um momento para se aproveitar. Faça as contas, procure ajuda profissional isenta. Corra atrás dos seus sonhos!

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes