INSS tem serviço expresso para entrega; veja como funciona

O serviço foi instituído em julho e permite que os segurados depositem cópias dos documentos em uma urna localizada do lado de fora da agência do INSS mais próxima de sua residência. Entretanto, é preciso fazer uma agendamento prévio.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) voltou a realizar atendimentos presenciais, mas, caso segurados desejem evitar filas e aglomerações devido à pandemia do novo coranvírus, eles podem utilizar um serviço alternativo, chamado Exigência Expressa, para entregarem alguma documentação.

O serviço foi instituído em julho e permite que os segurados depositem cópias dos documentos em uma urna localizada do lado de fora da agência do INSS mais próxima de sua residência. Entretanto, é preciso fazer uma agendamento prévio.

Quem opta pelo processo não tem nenhum contato físico com atendentes e também não precia entrar na agência.

Preciso ir ao INSS, como proceder?

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

No INSS, uma exigência ocorre quando o segurado solicita um befício, mas lhe é solicitada alguma documentação adicional para a conclusão do processo. E aí que a Exigência Expressa entra. Segurados que precisem enviar um desses documentos para a conclusão do processo podem pedir este serviço para reconhecimento inicial de direito, manutenção ou revisão, assim como entrega de documentos para convocação, entre outros processos.

Entretanto, não são aceitos documentos para cumprimento de exigência de requerimento de auxílio-doença com documento médico. Também não é possível utilizar o serviço para pedidos de antecipação de R$ 1.045 do auxílio doença. Este procedimentos devem ser realizados na página do “Meu INSS”.

Para os interessados em utilizar o Exigência Expressa, é necessário realizar agendamento ou pelo “Meu INSS” ou pelo 150. Durante o agendamento, é preciso ter em mãos o número do protócolo do benefício em anáise. Durante esta etapa, o segurado fica sabendo que documentos estão pendentes e deve informar o nome e CPF da pessoa que os depositará na urna.

Durante a entrega da documentação na urna, o segurado deve colocar uma cópia de seu RG junto às cópias dos documentos requeridos — não serão aceitos originais — dentro de um envelope lacrado. O usuário também precisará preencher um formulário de “Autodeclaração de Autenticidade e Veracidade das Informações” e colocá-lo no mesmo envelope.

O envelope precisa conter os seguintes dados em seu lado de fora: nome completo; CPF; endereço completo; telefone (mesmo que para recado); e-mail, se tiver; e número do protocolo do agendamento da Exigência Expressa.

As urnas ficam disponíveis das 7h às 13h. De acordo com o INSS, hoje são 1.325 postos que oferecem o serviço.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes