Saque PIS/Pasep 2020: veja quais são os documentos necessários

A apreserntação do Cartão do Cidadão ou documento original de identificação são necessários para receber o Saque do PIS/Pasep 2020.

O saque do PIS/Pasep 2020 acontece todos os anos para trabalhadores com carteira assinada dos setores público e privado. Sendo assim, o abono salarial é um direito. Para receber, o beneficiário precisa ter vínculo empregatício de 12 meses em 2019 e possuir o Cartão Cidadão.

Dessa forma, o pagamento do abono salarial acontece nas agências da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil.

O que é PIS/Pasep?

Em primeiro lugar, o PIS/Pasep são dois benefícios de abono salarial que se diferenciam para quem recebe o pagamento. Sendo assim, o PIS é o benefício para trabalhadores da iniciativa privada e o Pasep, para empregados pelo setor público.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Dessa forma, há diferença também onde receber. Para receber o PIS, o beneficiário deve ir à agência da Caixa Econômica Federal. Já o saque do Pasep acontece por meio do Banco do Brasil. Contudo, o saque do PIS/Pasep 2020 tem um calendário de pagamentos que são feitos de acordo com o mês de nascimento do trabalhador e número final do Cartão do Cidadão.

Sendo assim,  “os valores podem ser sacados com o Cartão do Cidadão e senha nos terminais de autoatendimento, unidades lotéricas e nos Correspondentes Caixa Aqui, bem como nas agências”, informou a Caixa.

Por fim, o calendário do PIS/Pasep 2020 se estenderá até junho de 2021.

Documentos necessários

Para efetuar o saque do PIS/Pasep 2020, o trabalhador deve ter em mãos o Cartão do Cidadão e apresentá-lo na agência, para receber o pagamento do abono salarial.
Contudo, caso o trabalhador não tenha o Cartão, o saque do PIS/Pasep  2020 ocorre  com a apresentação do documento oficial de identificação, como por exemplo:
  • Carteira de identidade – RG;
  • Carteira Nacional de Habilitação – CNH (modelo novo);
  • Identidade Militar;
  • Carteira de Identidade de Estrangeiros;
  • Passaporte emitido no Brasil ou no Exterior;
  • Carteira Funcional reconhecida por Decreto;
  • CTPS modelo informatizado.

Portanto, a única diferenciação para saque do PIS/Pasep 2020 consiste em qual local receber. Em suma, o saque PIS é para trabalhadores do setor privado nas agências da Caixa. Já o Pasep é para servidores públicos e o saque realizado nas agência do Banco do Brasil.

Qual o valor do saque PIS/Pasep?

O valor do saque do PIS/Pasep 2020 varia de R$ 88 a R$ 1.045. A quantia a receber depende da quantidade de meses trabalhados em 201. Sendo assim, só recebe o valor máximo, de um salário mínimo, quem trabalhou durante os 12 meses do ano passado.

Além disso, tem direito ao abono salarial quem recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais com carteira assinada e exerceu atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias em 2019. É preciso ainda estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

*Com informações de G1 Notícias.

Leia também

 

Informar Erro
Fonte G1

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes