Crescem golpes virtuais usando NFT, aponta pesquisa

Apenas em março de 2021, o número de registros de domínios suspeitos com a palavra NFT aumentou 300% na rede

A crescente popularização de tokens não fungíveis (NFT), está fazendo crescer também o número de golpes relacionados à tecnologia. É o que mostra uma pesquisa realizada por especialistas em segurança da Bolster, plataforma de prevenção de fraudes online.

Apenas no último mês, registros de domínios suspeitos com a palavra NFT tiveram um aumento de quase 300% na rede, com golpistas criando lojas falsas. 

Segundo a Bolster, essas lojas de réplicas geralmente usam o mesmo design das lojas NFT legítimas, reproduzindo até mesmo o logotipo, enquanto outras versões de lojas NFT falsas apresentam design original, mas vendem NFTs que não existem. 

A Bolster alerta para o cuidado necessário ao participar desse tipo de transação.

“Se você esteve acompanhando os NFTs nas últimas semanas sabe das obras de arte no estilo de Banksy vendidas nos mercados de NFT por US$ 1 milhão em criptografia. Embora eu não queira discutir se era uma questão de copyright / marca registrada, isso define um precursor para o que está por vir. Arte / conteúdo falsificado e ‘inspirado’ no mundo real se tornará um problema em breve. Os usuários precisam ter cuidado com o que estão comprando ou licitando. É difícil verificar o vendedor nesses mercados online”, definiu.

Brindes e sorteios – NFT

Outra modalidade de golpe eletrônico detectado aos milhares pela Bolster todos os meses são os brindes e sorteios falsos, que costumam ser divulgados principalmente no Telegram, Facebook, Twitter e Discord. 

Na mesma linha, os golpistas estão usando redes de mídia social para realizar a representação de marca relacionada ao NFT. A plataforma de segurança destacou como exemplo as várias comunidades falsas ativas do Rarible.com no Telegram.

Por fim, a Bolster reforça que não acredita que a tendência de crescimento dos golpes digitais vá diminuir, pelo menos a curto prazo.

“Esses golpes ficarão mais complexos e sofisticados. Os golpistas vão continuar inovando para garantir que os usuários caiam nisso. Não apenas NFTs, ao comprar qualquer coisa online, um comprador precisa estar ciente de onde e para quem está dando seu cartão de crédito ou informações bancárias”, alerta.

Elon Musk quer popularizar a Tesla com carros elétricos 

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.