Estúdio brasileiro cria NFTs do Golden State Warriors

Serão os primeiros artigos NFTs próprios do ateliê de artes visuais Black Madre, reconhecido internacionalmente

O ateliê de artes visuais brasileiro Black Madre, reconhecido internacionalmente e tendo na cartela de clientes desde artistas do porte de Emicida, até empresas como Nestlé, Nike, Burger King, Coca-Cola, Havaianas, entre outras, está fazendo história mais uma vez.

O estúdio é um dos responsáveis pelos primeiros NFTs (tokens não fungíveis) independentes de uma equipe esportiva nos Estados Unidos, o Golden State Warrior, uma das estrelas da NBA. O time conta com NFTs disponíveis na plataforma NBA Top Shot, assim como Topps negocia cartões digitais de basebol em Wax e até atletas individuais negociam colecionáveis sem logo, mas essa é a primeira vez que uma franquia lança seus próprios artigos NFT. 

A aposta do Golden State Warriors une produtos colecionáveis com produtos físicos, buscando justamente manter o fôlego do mercado dos NFT. Assim, a Black Madre projetou canhotos de ingressos digitais que vão acompanhar anéis de campeonato virtuais (e físicos) do joalheiro da equipe de basquete para o leilão que se encerra no dia 1º de maio, além de conceder aos titulares do NFT 1-1 assentos na quadra. 

Segundo o presidente do time, Brandon Schneider, parte dos lucros será doada para a Warriors Community Foundation. O presidente também disse que, mesmo com o mercado de NFT começando a esfriar, depois do grande hype criado desde o início deste ano, ele acredita que os integrantes da equipe seis vezes campeã da NBA, com três dos últimos títulos conquistados em uma hegemonia de 2015 à 2018,  estão posicionados para fazer sucesso onde outros falharam. 

A empresa responsável pelo lançamento é a Medium Rare, mesmo do NFT de Rob Gronkowski, atleta da NFL, cujo cofundador chegou a apontar que: “Já vimos muitas quedas fracassadas em que as pessoas simplesmente colocam NFTs e acham que o dinheiro cai do céu. Acho que o mercado provou que não é o caso”, disse. O NFT de Gronkowski chegou a arrecadar US$ 1,6 milhão, em março, quando o mercado vivia o seu auge até agora.

Você pode gostar também
buy cialis online