ETH 2.0 vai ser grátis para quem tiver Ethereum?

A segunda maior criptomoeda iniciou sua versão 2.0 no início de dezembro. No entanto, por enquanto, não é possível fazer transferências ou saques na nova rede. Veja se é possível ganhar moedas grátis nesta divisão.

A ETH 2.0 foi um marco histórico para a criptomoeda Ethereum neste início de dezembro. No entanto, nada muda para o usuário comum no lançamento de sua rede 2.0, ao menos por enquanto.

Ao longo dos próximos 2 ou 3 anos, a nova moeda ETH 2.0 deverá tomar o lugar da atual Ethereum, sendo listada nas principais exchanges. De maneira similar, os contratos programáveis (smart contracts), vão migrar para a nova rede.

Estaria a alta recente do ETH ligado a este movimento? Quem tem ETH antigo vai ganhar as novas de graça? Vamos acompanhar isso na prática.

O que é Ethereum 2.0?

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

ETH 2.0 é uma rede blockchain com um novo criptoativo . Ou seja, não haverá uma bonificação (fork) ou conversão automática para os atuais detentores de Ethereum (ETH).

A ideia é possibilitar o processamento paralelo da informação, aumentando a velocidade e capacidade de processamento. Os contratos programáveis (smart contracts) e aplicativos descentralizados precisam ser migrados, e isso só poderá ocorrer após o efetivo lançamento da rede 2.0.

Quer se aprofundar no tema? A exchange líder na América Latina, Mercado Bitcoin, trouxe uma entrevista com um dos maiores especialistas em ETH 2.0 no vídeo abaixo.

 

A rede 2.0 já existe?

Sim. No entanto, no momento é possível apenas migrar tokens ETH para a nova rede. Em resumo, não é possível retornar, nem tampouco transacionar na rede 2.0.

As pessoas que fazem esta transferência sem volta (por enquanto) buscam o benefício do staking, a remuneração para atuar como validador. Isso porque uma das principais alterações é a migração para a Prova de Participação, extinguindo por completo a figura do minerador.

Em seguida, ao longo de 2021 e 2022 deverá ser iniciado o processamento em canais (shards) paralelos, além de possibilitar a execução das aplicações descentralizadas.

ETH 2.0 vai negociar nas exchanges?

Sim, o novo token deverá ser listado nas principais exchanges, de forma independente ao ETH atual. Futuramente, é possível que apenas o padrão novo sobreviva, porém ninguém irá perder as moedas antigas.

Fique tranquilo, você não irá perder criptomoedas, porém tampouco ganhará novas. Isso pois não se trata de um fork (divisão), que acaba gerando uma bonificação.

ETH 2.0 será grátis para detentores de Ethereum?

Não. Em nenhum momento foi prometido ou sugerido alguma forma de bonificação. Todavia, existe o incentivo para quem migrar do ETH para ETH 2.0, e então passar a atuar como validador.

Aqui vai o “pequeno detalhe” que ninguém lhe conta. Para conseguir o staking sozinho, é necessário ter 32 ETH 2.0, além de um servidor ativo para validar as transações. No entanto, é possível utilizar uma conta gratuita no AWS e Infura, correndo o risco de algum destes sair do ar, causando uma penalização para o usuário.

De qualquer forma, não há moeda grátis. A remuneração varia conforme a oferta de validadores. As exchanges e custodiantes também oferecem esse serviço, juntando moeda dos clientes e remunerando de forma proporcional ao stake.

Vale a pena comprar Ethereum?

Depende, pois o ETH subiu 480% em 2020, grande parte por conta da expectativa do lançamento da rede 2.0. O sucesso das aplicações financeiras descentralizadas (DeFi) causou um congestionamento no uso da rede, além de depósitos que superam 10 bilhões de dólares em criptoativos neste ecossistema.

Desse modo, para que ocorra uma continuidade neste movimento, será necessário entregar as atualizações dentro do prazo. Além disso, os desenvolvedores das aplicações precisam migrar os sistemas para a nova rede. Em resumo, há muita incerteza, dentro de uma grande promessa.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes