Queda na venda de Bitcoins pode indicar novo recorde de preço

Transferências diretas das mineradoras de Bitcoin para exchanges tiveram retração de até 40% entre fevereiro e março

As transferências diretas das mineradoras de Bitcoin para exchanges registraram uma queda que chega a 40% entre fevereiro e março, indicam dados do provedor de análises Glassnode. O diretor de tecnologia da Glassnode, Rafael Schultze-Kraft, apontou que várias métricas, como fluxos de endereços de mineradoras, fornecimento de BTC não gasto e mudança líquida de posição das mineradoras, indicam uma acumulação recente de criptomoeda pelas mineradoras nos meses de fevereiro e março, depois de grandes fluxos de saída em janeiro. 

Os dados mostram que o suprimento de Bitcoin que nunca foi transferido do endereço do destinatário original, no caso, da mineradora, voltou a subir logo após uma queda forte em janeiro, com 15 mil criptomoedas antes inativas sendo movidas dos endereços de mineração pela primeira vez. 

No entanto, desde fevereiro, perto de cinco mil Bitcoins recém-minerados foram adicionados ao suprimento não gasto, elevando o total para 1.765 milhões de BTC,  que reforçam uma tendência de alta.

O que é mineração de Bitcoin e como funciona?

Mineradores de Bitcoins

Outra queda foi constatada nas transferências diretas de carteiras de mineradoras para exchanges, que caíram de quase 450 Bitcoins, na média móvel anterior, para quase 275 BTC atualmente. 

O diretor da Glassnode apontou que a mineração de Bitcoin é um bom indicativo para uma nova máxima histórica da criptomoeda, que chegou a passar de US$ 61,7 mil em fevereiro deste ano. Segundo ele, as mineradoras não têm venda ou capitulação à vista no momento, justamente porque teriam pouco a lucrar. 

Ainda segundo dados compartilhados por Schultze-Kfraft, a receita das mineradoras aumentou em 300% nos últimos 12 meses, alcançando novo máximo acima de US$ 50 milhões e atualmente atingindo média móvel de sete dias de quase US$ 60 milhões. 

Já as ações das quatro maiores mineradoras de Bitcoin listadas na América do Norte teve uma valorização de 5.000% em 12 meses, acima dos cerca de 900% registrados pelo BTC no mesmo período. 

Você pode gostar também
buy cialis online